Igreja Batista Getsemâni

Descumprindo decreto, Havan é pega aberta fora do horário permitido em VG

Se atuação for confirmada, o estabelecimento poderá ser multado em até R$ 60 mil

Matheus Maurício
redacaomuvuca@gmail.com

Reprodução

Reprodução

Reprodução

havan montagem.jpg

 

Na tarde deste sábado (6) a filial da loja de departamentos Havan, localizada na Avenida da FEB, em Várzea Grande, foi pega aberta depois do horário permitido no decreto de “mini lokdown”, imposto pelo governador Mauro Mendes (DEM). Pela medida, este local só poderia ficar aberto até às 12h nos finais de semana.

Em um vídeo divulgado por meio das redes sociais, é possível ver fiscais da prefeitura da Cidade Industrial sentados na loja e aplicando a eles uma ‘advertência’ pelo ocorrido.

A Havan que é de propriedade do empresário Luciano Hang, apoiador do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), já sofreu no ano passado com uma multa de R$ 1 milhão. Isso porque, assim como agora, o estabelecimento não estava cumprindo com as regras impostas no combate a doença causada pelo coronavírus.

Nesta ocasião, o valor foi contestado por meio de um processo judicial.

Já na situação registrada neste sábado, de acordo com as informações, a loja, a priora, responderá por um processo administrativo, e caso a autuação seja confirmada, o estabelecimento poderá ser advertido a pagar uma multa que vai de R$ 1,3 mil até R$ 30 mil.

Até o momento, este é o primeiro estabelecimento de VG a ser pego infringindo as novas leis estaduais.

 


Fonte: MUVUCA POPULAR

Visite o website: https://www.muvucapopular.com.br