Igreja Batista Getsemâni

Presidente do Sintep critica PL que torna educação atividade essencial

Valdeir Pereira diz que medida coloca professores e alunos em risco

Vitória Tumelero
redacaomuvuca@gmail.com

1562632811-foto-valdeir.jpg

Foto: Reprodução

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT), Valdeir Pereira, divulgou um vídeo criticando o projeto de Lei discutido pelos deputados estaduais que torna a educação como atividade essencial durante a pandemia da Covid-19. Segundo o sindicalista, a medida é uma vergonha e coloca em risco a vida de professores e alunos. 

"Esse projeto faz um desserviço para a nossa sociedade ao incluir a educação como um projeto essencial e, ao mesmo tempo, tem como objetivo maior colocar dentro das nossas escolas os trabalhadores sem que estejam imunizados e os nossos estudantes também sem receberem a vacina. É um projeto de uma irresponsabilidade sem tamanho", declarou.

De acordo com Valdeir, enquanto algumas categorias já estão sendo inclusas para receber o medicamento contra o Coronavírus, os profissionais da Educação ainda ocupam o mesmo espaço que os presidiários no quadro prioritário de imunização. "Há necessidade de coerência por partes dos deputados de Mato Grosso em rejeitar essa vergonha que coloca na essencialidade a educação".

Por fim, o sindicalista pede que a população cobre os parlamentares para que a proposta seja rejeitada em segunda votação. "Cada trabalhador e trabalhadora deve encaminhar ao seu deputado para que vote contrário a esse tipo de projeto. Queremos retornas às nossas atividades, mas queremos quando houver vacina para todos". 


Fonte: MUVUCA POPULAR

Visite o website: https://www.muvucapopular.com.br