Igreja Batista Getsemâni

Policiais civis e militares que trabalham para quadrilhas são alvo de operação

Gaeco cumpre 22 mandados de prisão e 22 de busca e apreensão

Redação Muvuca Popular
redacaomuvuca@gmail.com

ilustrativa

ilustrativa

ilustrativa

gaeco.jpg

 

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) deflagrou na manhã desta terça-feira (4) a Operação Renegados, que tem como alvo policiais civis e militares que trabalham para quadrilhas, um deles é o cabeça de uma quadrilha que atua em Cuiabá. São cumpridos 22 mandados de prisão e mais 22 de busca e apreensão.

A operação se baseia em inquéritos abertos pela Corregedoria da Polícia Civil. Um policial civil é apontado como chefe de uma quadrilha. Ele é o chefe de operações de uma delegacia na Capital e utilizava o cargo para encobrir os crimes do grupo, além de dificultar as investigações.

Os policiais são acusados dos crimes de concussão, corrupção, peculato, roubo e tráfico. Além dos policiais, outros membros da quadrilha também serão presos na operação.

A operação é realizada em parceria entre o Gaeco, Polícia Civil, Polícia Militar e Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer).

(Com informações da assessoria)


Fonte: MUVUCA POPULAR

Visite o website: https://www.muvucapopular.com.br