PGR exige que investigação contra Wellington Fagundes permaneça no STF | MUVUCA POPULAR

Sexta-feira, 22 de Março de 2019

INVESTIGAÇÃO Quinta-feira, 29 de Novembro de 2018, 19h:00 | - A | + A




Delações J&F

PGR exige que investigação contra Wellington Fagundes permaneça no STF

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, determinou que as investigações sobre as delações do grupo J&F continuem no STF

Por: Vitória Tumelero

A investigação sob as delações do grupo J&F deve permanecer no Supremo Tribunal Federal (STF), conforme as determinações da procuradora-geral da República Raquel Dodge. Na ação, são acusados de Caixa 2 o candidato a governador do Estado, Wellington Fagundes (PR) e outros nove parlamentares.

Segundo Raquel Dodge, os casos devem ser divididos em "petições autônomas" para se dar início à fase preliminar do inquérito que, entretanto, devem ser enviados à primeira instância somente em fevereiro de 2019, após o fim do mandato vigente.

A procuradora também ressaltou que os políticos indiciados nos processos da J&F, que não foram reeleitos e que perderão o foro privilegiado no próximo ano, devem ser encaminhados para instâncias judiciais menores.

O caso conta com cinco parlamentares envolvidos, entre eles o futuro chefe da Casa Civil, o deputado Onyx Lorenzoni (DEM); além de Paulo Teixeira (PT), Alceu Moreira (MDB), Jerônimo Goergen (PP), Zé Silva (SD) e Marcelo Castro (MDB). Entre os senadores envolvidos, além de Wellington Fagundes (PR), estão Ciro Nogueira (PP), Renan Calheiros (MDB) e Eduardo Braga (MDB).

A acusação contra Wellington Fagundes é de que o senador tenha recebido cerca de R$ 1,8 milhão em doações ilegais, por meio de três cheques da JBS e outros dois da Seara.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários

coluna popular
“Na gestão passada a Santa Casa funcionava”
Senadora mato-grossense tem "contato direto"
Arena não é só para futebol
Presenteada com salário de 13 mil
Renegociação faz povo pagar conta por 20 anos

Últimas Notícias
22.03.2019 - 02:07
21.03.2019 - 18:16
21.03.2019 - 17:00
21.03.2019 - 16:12


Emanuel Pinheiro

Valtenir Pereira

Procurador Mauro

Gisela Simona

Lúdio Cabral

Janaina Riva

Juiz Julier

Mauro Carvalho

Fábio Garcia

Ulysses Moraes

Pedro Taques

Victório Galli

Nenhum deles



Informe Publicitário