Empresário de MT integra "Gabinete do Ódio", afirma ministro do STF | MUVUCA POPULAR

Segunda-feira, 13 de Julho de 2020

MATO GROSSO Quarta-feira, 27 de Maio de 2020, 20h:23 | - A | + A




OPERAÇÃO FAKE NEWS

Empresário de MT integra "Gabinete do Ódio", afirma ministro do STF

O empresário de Sinop (500 km ao norte da Capital), Marcelo Stachin é apontado como um dos membros do "Gabinete do Ódio", grupo de extrema-direita que divulgava notícias falsas e ataques virtuais. A afirmação é do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, que determinou busca e apreensão em 5 estados.

Stachin foi alvo da Operação Fake News, da Polícia Federal, na manhã desta quarta-feira (27). Segundo o relatório do ministro, o grupo tem integrantes como o ex-deputado federal Roberto Jeferson (PTB), o deputado estadual Douglas Garcial (PSL-SP), o blogueiro Allan dos Santos e o empresário Luciano Hang.

O "Gabinete do Ódio" se dedicava "à disseminação de notícias falsas, ataques ofensivos a diversas pessoas, às autoridades e às instituições, dentre elas o Supremo Tribunal Federal, com flagrante conteúdo de ódio, subversão da ordem e incentivo à quebra da normalidade institucional e democrática".

As investigações apontaram que os investigados têm "ligação direta ou indireta com a associação criminosa e seu financiamento", tendo em vista o "indício de alinhamento de suas mensagens ilícitas com o suposto esquema narrado pelos parlamentares".

Em sua rede social, Marcelo declarou no início da tarde que não tem nenhum mandado de prisão e que prestou esclarecimentos sobre o caso. Ele afirmou ter ido voluntariamente à sede da Polícia Federal em Cuiabá para prestar esclarecimentos.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(3) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Maque - 28-05-2020 20:23:29

Só pra quem tem coragem de ler: https://www.bbc.com/portuguese/brasil-52801691 - quem não tem, deixa pra lá.

Responder

1
0


Jedae - 28-05-2020 10:02:49

Ver petistas, comunas e toda raça infame chorar, não tem preço. Bolsonaro, só precisa fazer duas coisas. Primeiro: Não deixar haver roubos em todos os níveis. Segundo: Nunca mais deixar o poder cair nas mãos dessa quadrilha, que se intitula progressistas. De quebra, limpar esse STF, repleto de corruptos e vendidos. Nem sei quem é pior. Se é o ex-carregador de malas do mula ou o ex do Temer, enterno vice da anta!!!!!!!!!

Responder

1
1


Carlos Nunes - 28-05-2020 08:37:07

Ih! Afinal de contas O Que É Fake News? Até agora não entendi...Grande parte do povo brasileiro não acredita na Justiça FAZ TEMPO, ou acredita? Acho que não...tio Datena, certa vez, passou 1 semana contando o caso de um brasileiro POBRE, que furtou uma peça de bacalhau e ficou 2 ANOS PRESO, mas preso mesmo. Enquanto a gente assistiu um bando de Corruptos, que passaram a mão em Milhões de reais, nem pela porta da cadeia passou. Tem duas Justiças no Brasil: a do Pobre e a dos Poderosos? Tem? Ou não? É bom o povo opinar...TEM OU NÃO TEM? Não vão me dizer que isso é Fake News...Não é, é realidade dura, nua e crua. Já vi esse filme lá na França, na Queda da Bastilha...na Bastilha só tinha preso pobre, ou que não concordava com o rei...Os Poderosos, que cometiam crimes, nunca foram pra lá. Final da Revolução Francesa: o povo revoltou e guilhotinou todo mundo...O Poder EMANA do povo e EM SEU NOME é exercido...Executivo, Legislativo e Judiciário eram pra servir o povo, pois foi-lhes delegado o Poder pelo povo. Aí, de vez em quando a gente ouve de um dos Ministros do Supremo> Por que vamos ouvir a Opinião Popular? E ninguém responde pra eles, que é porque o Poder vem do Povo...da tal da Opinião Popular. Por enquanto, nós, os eleitores, somos só uns donos do Poder MEQUETREFES...não apitamos nada, ou não sabemos das coisas, ou somos os últimos a saber...devíamos ser os primeiros, ou não? O Poder Judiciário inteiro tem quer REFORMADO, pra aprender a servir o povo...os verdadeiros donos do Poder. Cargo de Ministro do Supremo tem que ser ocupado ou por votação popular ou por Concurso Público...e o mandato só por 8 anos...igual ao de Senador. Completou 8 anos, dá a vaga pra outro, pra renovar a Justiça Brasileira. O que o Congresso Nacional, que faz as leis, tá esperando pra discutir isso...JÁ. Qual Senador ou Deputado Federal tem coragem suficiente pra começar essa discussão, e ouvir a opinião popular.

Responder

1
1


3 comentários

coluna popular
Conseguiu apenas 3% das assinaturas
Alta de 300%
“Vida nova, nova esperança”
Eleições municipais
Trabalhando candidatos à vereador

Últimas Notícias
13.07.2020 - 09:01
13.07.2020 - 08:32
13.07.2020 - 08:23
13.07.2020 - 08:05
12.07.2020 - 18:07




Informe Publicitário