Orlas de Barão de Melgaço e Santo Antônio de Leverger serão restauradas | MUVUCA POPULAR

Sábado, 19 de Outubro de 2019

MATO GROSSO Quarta-feira, 18 de Setembro de 2019, 10h:18 | - A | + A




Orlas de Barão de Melgaço e Santo Antônio de Leverger serão restauradas

Orlas 1.jpg

Foto por: Sedec-MT

Barão de Melgaço e Santo Antônio de Leverger (110km e 35km de Cuiabá, respectivamente) são municípios banhados pelo Rio Cuiabá. O turismo de pesca é atrativo nas duas localidades e, por isso, o Governo do Estado começará a revitalizar as orlas, transformando em complexos turísticos.

De acordo com o projeto, estão previstas a ampliação das calçadas, transformando-as em um calçadão, a implantação de bares e restaurantes e a construção de playgrounds. Além disso, paisagismo e iluminação vão garantir o uso do espaço também no período noturno.

Orlas 2.jpeg

 


“São projetos importantes para fomentar o turismo na região do Vale do Rio Cuiabá, pois são nossos portões de entrada para o Pantanal. Com estes projetos esperamos que os munícipes e os turistas possam desfrutar destes novos espaços”, disse Jefferson Moreno, secretário adjunto de Turismo de Mato Grosso.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico, César Miranda, o incremento do turismo vai gerar renda e empregos de qualidade e bem remunerados para estes municípios e para a região.

“Teremos necessidade de mão de obra qualificada e, por meio de uma indústria limpa, teremos mais empregos e o turista também vai gastar mais na região. O governador Mauro Mendes ainda tem projetos para explorar melhor os atrativos, como hotéis flutuantes, além de melhorar os rios para um turismo mais saudável”, afirmou.

As obras estão em fase de licenciamento e devem começar em 2020.

A arquiteta da Secretaria de Turismo, Marcella Carbonieri, reforça que “a requalificação urbana desses espaços permitirá ao turista e ao cidadão uma nova opção de turismo no Estado, desfrutando de um local com infraestrutura, opção de lazer e passeio integrado a beleza natural existente”.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários