'Caso Irene' assombrou os Campos na década de 90 | MUVUCA POPULAR

Quarta-feira, 08 de Abril de 2020

MUVUCADAS Terça-feira, 18 de Fevereiro de 2020, 20h:25 | - A | + A




Assunto superado

'Caso Irene' assombrou os Campos na década de 90

Assunto superado


Muvuca Popular

A notícia divulgada ontem (17) de que Júlio Campos disputará vaga no Senado em 2020 e bem coisa de “Djulinho” (como é conhecido pelos eleitores mais antigos).

O então deputado federal Julio Campos declarava no início dos anos 90 que a família Campos se manteria no poder mato grossense até o ano de 2020. Na época o seu partido, o PFL era imbatível, e o seu irmão Jayme Campos era o governador.

O plano de poder de uma geração inteira foi abortado com o “Caso Irene”, que enfraqueceu o grupo político de Júlio Campos. A empresária Irene, dona da empresa paranaense Hidrapar Engenharia acusou o governador Jayme Campos em 1993 de exigir 50% sobre o crédito de US$400 mil a que tinha direito.

A denúncia sumiu rapidamente. Os Campos tinham 17 dos 24 depudados na Assembleia.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Dario - 19-02-2020 02:38:36

Estenderam o prazo, pq parece que ficarão no poder enquanto forem vivos

Responder

0
0


1 comentários

coluna popular
Campanha “Vem Ser Mais Solidário”
Impacto do coronavírus
União contra o Covid-19
Governo concedeu feriado prolongado
Servidores 'encheram o saco' sobre consignados

Últimas Notícias
07.04.2020 - 21:48
07.04.2020 - 21:15
07.04.2020 - 20:33
07.04.2020 - 19:45
07.04.2020 - 19:21


Carlos Fávaro (PSD)

Coronel Rúbia (Patriota)

Elizeu Nascimento (DC)

Gisela Simona (Pros)

José Medeiros (Podemos)

Júlio Campos (DEM)

Nilson Leitão (PSDB)

Otaviano Piveta (PDT)

Procurador Mauro (PSOL)

Reinaldo Morais (PSC)

Valdir Barranco (PT)

(Nenhum deles)

Feliciano Azuaga



Informe Publicitário