Niuan não terá aumento de salário para "bater" no prefeito | MUVUCA POPULAR

Sexta-feira, 22 de Novembro de 2019

MUVUCADAS Sexta-feira, 08 de Novembro de 2019, 04h:53 | - A | + A




Projeto não prevê benefício para opositor

Niuan não terá aumento de salário para "bater" no prefeito

Projeto não prevê benefício para opositor


Muvuca Popular

Apesar de continuar agarrado nas 'tetas' do poder mesmo virando opositor, o vice-prefeito de Cuiabá, Niuan Ribeiro (PODE), não será beneficiado pelo projeto que prevê aumento de salário do prefeito, fiscais e auditores.

Já com parcer favorável da CCJ, o projeto que os vereadores devem apreciar na próxima semana aumenta o salário apenas do chefe do executivo municipal, que terá um acréscimo de aproximadamente R$ 3,9 mil.

Curioso que o projeto já prevê aumento para o próximo gestor, que não sofrerá desgaste desnecessário, já que a remuneração do prefeito que passa de R$ 23,6 mil para R$ 27,5 mil com data retroativa a maio deste ano, deverá sofrer novo reajuste em 2021 quando passará para R$ 32,1 mil.

Emanuel tentou impedir o aumento do próprio salário, mas foi pressionado por um grupo de servidores, cuja remuneração é baseada nos vencimentos do prefeito, mas só podem receber aumento se o prefeito também aceitar.

O vice, Niuan Ribeiro, por ora, vai ficar chupando dedo, embora não possa reclamar de continuar recebendo R$ 15 mil mais as regalias como assessores, veículos, combustível, etc. para fazer ...?

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Carlos Nunes - 08-11-2019 08:36:36

Ih! O pessoal tá enganado com tio Niuan...ele não foi nomeado, foi eleito também com o voto do povo. A situação quer que ele renuncie, e só renuncia quem foi nomeado. Temer, vice-presidente, voltou contra a Dilma...Fávaro, vice-governador, voltou contra o Taques...e por aí vai. É normal discordar. Tio Niuan depois que viu os pacotes de dinheiro no paletó, tem todas os argumentos pra discordar. Ou devia concordar?

Responder

4
1


1 comentários