Zaqueu "explode" os Taques no caso Grampolândia, e cabo tenta "melar" | MUVUCA POPULAR

Sábado, 24 de Agosto de 2019

MUVUCADAS Quarta-feira, 17 de Julho de 2019, 08h:06 | - A | + A




Finalmente apontaram os verdadeiros culpados

Zaqueu "explode" os Taques no caso Grampolândia, e cabo tenta "melar"

Finalmente coronel apontou verdadeiros culpados


Muvuca Popular

Após prisão, humilhação pública, e o risco de pagar o pato sozinho, finalmente o insuspeito coronel Zaqueu, revelou os mandantes dos crimes das escutas clandestinas em Mato Grosso. Num rompante de lucidez e com bastante segurança, ele disse que os cabeças (mandantes) do esquema era mesmo aquilo que o MPopular sempre disse: era o ex-governador Pedro Taques, com o suporte de seu primo, o criminoso contumaz, Paulo Taques.

O caso ganhou contornos de surpresa quando o cabo da PM Gérson acusou membros do MPE-MT de uso indevido e desvio de finalidade de uma "verba secreta" destinada a investigações. Obviamente isso tenta desviar o foco, já que sua delação não foi aceita porque ele não disse a verdade, não provou nada, e não apontou os mandantes.

As investigações estão sendo salvas mesmo pelas delações de Zaqueu, que disse não ter revelado antes por ameaças e consequente medo da quadrilha que governadva o estado na Era Taques.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

José - 17-07-2019 10:02:52

QUANDO É QUE SERÁ INVESTIGADO O DESGOVERNO PEDRO TAQUES ? O DESGOVERNO PEDRO TAQUES QUEBROU O ESTADO POR CAUSA DOS MAIS DE R$25 BILHÕES DE IRREGULARIDADES EM 2015 A 2018. Até agora não foi apurada a responsabilidade de todos os membros do desgoverno taques quanto aos desvios e fraudes do desgoverno da transformação do estado em caos e roubalheira, cujas irregularidade somadas já ULTRAPASSARAM OS $25 BILHÕES. Só para lembrar aí vai a lista detalhada dos mais de $25 bilhões em irregularidades pendentes de serem apuradas: R$69 milhões em desvios na caravana da transformação; perdão de R$645 milhões em dívida da petrobrás; perdão de R$5 milhões de reais em dívidas da unimed cuiabá; a operação Rêmora por desvio de R$57 milhões na SEDUC; operação Bereré por desvio de R$30 milhões no Detran; operação Grampolândia na segurança pública usada para chantagear adversário; delação de Alan Malouf sobre Brustolin recebendo R$80 mil por fora todo mês; delação de Alan Malouf e Perminio indicando que secretários (Permínio, Brustolin, Julio Modesto e etc) recebendo mensalinho de R$30 mil/mês; mensalinho R$100 milhões por dentro para os deputados; rombo de R$4 bilhões no caixa e desvio de $500 milhões do Fundeb; desvio de R$1,2 milhões no fundo de trabalho escravo; desvio e apropriação de R$300 milhões dos municípios; desvio e apropriação de R$300 milhões dos poderes; aumento de $2 bilhões nos Incentivos Fiscais; aumento de milhares de cargos políticos comissionados, aumentou da folha de pagamento pela contratação de mais de 10.000 pessoas; uso da justiça para proteger seus amigos e secretários conforme disse o cabo Gerson; delação de Alan Malouf tratando de 12 tipos de corrupção entre elas os $10 milhões de caixa 2 administrados por Alan Malouf e Julio Modesto; licitação irregular de 11 bilhões para transporte interestaduais; desvio de R$58 milhões em pontes na SINFRA; $300 milhões em vantagem cobrada de quem recebeu antecipado no decreto do bom pagador; crédito de R$100 milhões para o primo Paulo Taques; maracutaia com a juizá candidata para ferrar o Silval e a família dele; irregularidades de R$3 bilhões no Edital nº 02/2018 da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra) sobre rodovias MT 246, MT 343, MT 358 e MT 480. Além disso, apropriação indébita de R$70 milhões descontado dos salários dos servidores públicos para pagar empréstimos consignados, estouro da folha pagando vantagens para apaniguados políticos que receberam salários acima de R$100 mil, contratação irregular de 2000 cabos eleitorais na SEDUC para fazer campanha para o ex-secretário Mahafon, peculato ao gastar R$10 milhões em telefone por secretaria do estado durante a campanha eleitoral para o governo 2018; R$180 milhões em indenizações irregulares pagas em 2018 as empresas supostamente prestadoras de serviços na Secretaria de Estado de Saúde Secretaria. Pedro Taques e Gallo cometeram crime de responsabilidade de R$3,7 bilhões ao deixar restos a pagar para o próximo governo sem a devida provisão de fundos exigida na Lei de Responsabilidade Fiscal.

Responder

5
0


Carlos Nunes - 17-07-2019 09:27:31

Ih! Se hacker russo espião, contratado pelo gringo americano, RAQUEOU um Juiz Federal, um Procurador da República, e outros (????)...virou pelo The Intercept Brasil, um herói (ou anti-herói, sei lá)...Grampolândia Pantaneira é fichinha. No RAQUEAMENTO pretenderam DENOTAR a Lava-Jato, DESMORALIZAR a Justiça Federal e o Ministério Público tudo junto. Tem que soltar o pobre do Cabo Gerson, que só cumpriu ordens superiores. Já o hacker russo espião, mercenário, RAQUEIA até a mãe (dos outros é claro), por milhares de dólares. RAQUEAR Juiz Federal, Procurador da República, e outros PODE? GRAMPEAR não pode? Qual a diferença se ambos são crimes? Ou se fosse um jornalista que grampeasse, podia, por que o cara é INTOCÁVEL? Enquanto tem esse imbróglio todo, do PODE OU NÃO PODE...o Impostômetro tá indicando que, até este momento, o povo brasileiro já pagou de Impostos 1 TRILHÃO e 348 BILHÕES DE REAIS...e a Imprensa revelou que 29% desse TRILHÃO tá escoando pelo ralo da Corrupção. Cadê o MORO, o DALLAGNOL, a PF, pra sentar a pua no lombo dos Corruptos, pra eles não passarem a mão nos 29% do 1 TRILHÃO? Foram sabotados por um gringo americano e por um hacker russo espião...uai. Ih! Os Corruptos vão continuar passando a mão no dinheiro do povo, por muitos e muitos anos ainda. Enquanto isso...os pobres do professores não recebem o aumento justo, o RGA, porque não tem dinheiro...Claro que não tem...a Corruptália tá passando a mão no dinheiro.

Responder

1
1


2 comentários