Adolescente que matou Isabele passa a primeira noite no Pomeri | MUVUCA POPULAR

Terça-feira, 20 de Outubro de 2020

POLÍCIA Quarta-feira, 16 de Setembro de 2020, 08h:31 | - A | + A




2 meses depois

Adolescente que matou Isabele passa a primeira noite no Pomeri

Nesta quarta-feira (16), ela já toma café da manhã e se integra com outras menores que estão internadas no local

490b10850375ddd420d325d675846d76.jpg

 

B.O.C., de 15 anos, passou a primeira noite - de terça-feira para quarta-feira, internada no Complexo Socioeducativo Pomeri, na ala feminina, em Cuiabá. A Segunda Vara de Infância e Juventude acolheu o pedido do Ministério Público Estadual (MPE) e determinou a internação da adolescente que matou Isabele Guimarães. O prazo inicial é de 45 dias. A juíza Cristiane Padim marcou uma audiência para o dia 23 deste mês, quando vai definir o tempo que B. ficará internada. O prazo máximo, por ser menor de idade, é de 3 anos.

B.O.C. Se entregou na Delegacia Especializada de Adolescentes (DEA), por volta das 20h desta terça-feira (15). Da DEA, ela foi levada para o Instituto Médico Legal, no bairro Jardim Imperial, para passar por exame de corpo delito. Pouco antes das 23h, saiu do local e foi direito para o Pomeri.

Caso

As investigações da morte da adolescente Isabele Guimarães Ramos, de 14 anos, chegaram ao fim no dia 3 de setembro. A Polícia Civil entregou o inquérito e apontou cinco pessoas como responsáveis, sendo três adultos e dois adolescentes.

Uma atuação conjunta da Delegacia Especializada do Adolescente (DEA) e da Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica), conduzida pelos delegados Wagner Bassi e Francisco Kunzê, concluiu que a morte de Isabele não foi acidente e sim intencional ou no mínimo a adolescente B.O.C. assumiu o risco de matar.

Isabele foi atingida por um disparo no nariz que saiu pela nuca, na noite de 12 de julho, na casa da família Cestari, no condomínio Alphaville I, no bairro Jardim Itália, em Cuiabá. O disparo foi feito por B.

Além da adolescente, foram indiciados o pai dela, o empresário Marcelo Cestari, a mãe, Gaby Cestari, o namorado e o pai do namorado.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

IDOSA - 16-09-2020 14:16:11

Penso ser balela, diante de monstruosidades explicitadas pela mídia, até nacional, que aqueles direta ou indiretamente responsáveis/envolvidos de plano usufruam das benesses apenas inerentes aos "privilegiados economicamente". A perda da vida de uma indefesa adolescente fica demonstrado que NÃO FOI CONSIDERADA. Ou melhor, que não tinha qualquer valor. Penso que é muita crueldade!

Responder

0
0


1 comentários

coluna popular
Improbidade administrativa
Deu na Revista Época
Com 87 anos
Não terminou
Candidatos tentam surfar na onda

Últimas Notícias
20.10.2020 - 19:00
20.10.2020 - 18:24
20.10.2020 - 18:17
20.10.2020 - 17:14
20.10.2020 - 16:18


Muvuca (PL)

Adevair Cabral (PTB)

Chico 2000 (PL)

Misael Galvão (PTB)

Ricardo Lobo (PL)

Aladir (PL)

Sargento Joelson (SD)

Juca do Guaraná (MDB)

Luluca Ribeiro (MDB)

Macrean

Renivaldo Nascimento

Toninho de Souza

Edna Sampaio (PT)

Robson Cireia (PT)

Ricardo Saad

Oseas Machado (MDB)

Rogério Varanda

Alex Ribeiro (PP)

Maurélio (PSDB)

Dudu Santos

Marcelo Bussiki

Vinícyus Clovito

Diego Guimarães

Mário Nadaf

Marcos Veloso

Gisele Almeida

Orival do Farmácia

Wilson Kero-Kero

Dr. Xavier

Justino Malheiros

Zidiel Coutinho

Sargento Vidal

Dídimo Vovô

Clebinho Borges

Júlio da Power

Jamilson Moura

Emídio de Souza (PSL)

Adalberto Cavalcanti

Ricardinho

Kako do CPA

Dilemário Alencar

Max Campos (PSB)

Cezinha Nascimento

Edienes Hadassa

Dr Luiz Fernando

PF Rafael Ranalli

Gabriel Henrique

Itamar Jefferson (PL)

Cristiano Paraqueda

Sebastião Moraes

Daniel

Justino Campos

Rafael "Faré"

Darley Gonçalves

Osmar Rodrigues "Chefinho"

Elenir Pereira

Prof.instrutor Joaquim Neto

Diogo Fernandes

Ade Silva

Sargento Ozeni

Dito Paulo

Paulo Macedo

Luiz BA

Professor Frankes

Paulo da VGDI

Valdemir MM

Weto Salgado

Dr. Daúde

Bob Medina

Wagner Vinícius

Luis Carlos

Carlos Henrique do Correio

Adv Cris

Elenir Pereira

Zé Carlos

Luis Cláudio

Huelton Souza

Rosenil Luiz (Canelinha de pacu) (PL)

Sargento Ozeni

Luiz Poção (PL)

Edilson Odilon (PL)

Paulinho CPA

Germânio Araújo

Chico do Leblon

Delegado Garcia

Renato Anselmo

Cleber Adôrno

Doidinhoducorte

Neno do Pascoal Ramos

Prof. Jorginho

Itamar Carvalho

Sidney de Souza

Marquinhos Carioca

Renato Anselmo

Pablo Queiroz

Pastor Jeferson

Paulo do Carmo

Vinícius Pardi

Aroldo Telles

Marcus Brito Jr.

Elzio Xaulin

Ledevino Conceição

Elias Santos

Edmilson Carmo

Gato Louco

Nilda Tosca



Informe Publicitário