Investigadores prendem homem que matou filho de sargento da PM a facadas | MUVUCA POPULAR

Sábado, 08 de Agosto de 2020

POLÍCIA Terça-feira, 12 de Novembro de 2019, 08h:17 | - A | + A




Foragido há 29 anos

Investigadores prendem homem que matou filho de sargento da PM a facadas

Sátiro Leôncio de Arruda Filho, 50 anos, foi preso em ação integrada entre as Policias Civil de MT e Brasília

Reprodução Montagem

satiro.jpg

 

Foragido há 29 anos, Sátiro Leôncio de Arruda Filho, 50 anos, foi preso em Brasília pelo assassinato de Augusto Cesar dos Santos – que é filho de um sargento reformado da Polícia Militar, hoje com 89 anos. A prisão do fugitivo aconteceu na segunda-feira (11), em trabalho da Polinter e Polícia Civil.

Sátiro foi condenado em 2016, pelo Tribunal do Júri, a pena de 12 anos e 6 meses pelo homicídio.

Conforme os autos do processo, o assassinato aconteceu por volta das 22h30 do dia 04 de novembro de 1990, na Rua Fenelon Muller – no bairro Dom Aquino, em Cuiabá.

O criminoso acertou vários golpes de faca no filho do PM, com auxílio de uma terceira pessoa não identificada no processo. A vítima ainda conseguiu correr após a primeira facada, mas foi perseguida e morta.

Nos autos do processo consta o argumento do assassino de que Augusto teria tentado estuprar a sua namorada, por isso o matou. O Conselho de Sentença, porém, não reconheceu a versão e considerou que o crime foi praticado por motivo fútil, mesmo não estando suficientemente esclarecido.

Desde a época do crime, Sátiro nunca mais foi localizado, pois, havia fugido para Brasília, onde ficou escondido da Justiça.

 

 
VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários

coluna popular
"Rouba as coisas da merenda para vender"
No próximo dia 31
Mudanças devido ao coronavírus
Custo de R$ 260 mil
Triagem para imprensa

Últimas Notícias
08.08.2020 - 13:57
08.08.2020 - 10:28
08.08.2020 - 07:14
07.08.2020 - 22:27
07.08.2020 - 20:59




Informe Publicitário