Motorista embriagado que atropelou PM é solto após pagar R$ 3,3 mil | MUVUCA POPULAR

Segunda-feira, 18 de Janeiro de 2021

POLÍCIA Terça-feira, 12 de Janeiro de 2021, 19h:40 | - A | + A




FIANÇA

Motorista embriagado que atropelou PM é solto após pagar R$ 3,3 mil

O policial militar Claudecy Conceição da Costa, 35 anos, precisou passar por uma cirurgia após ser atropelado na noite de último domingo (10), em frente ao Shopping 3 Américas, em Cuiabá. Ele perdeu parte do tecido da perna direita e passou pelo procedimento nesta segunda-feira (11).

O quadro de saúde do militar é estável e ele se encontra internado no Hospital Municipal de Cuiabá (HMC). De acordo com o próprio policial, em conversa por telefone, os médicos constataram que não havia fratura na perna, mas um corte grande e muito profundo, que deixou o osso de sua perna exposto.

Segundo boletim médico, a cirurgia foi tranquila e ele permanecerá em internação hospitalar por pelo menos uma semana. Claudecy ingressou na PM em 2011 e está lotado no 10º Batalhão, em Cuiabá.

Pedro Henrique Maciel Campos, 27 anos, foi identificado como o motorista do Nissan March que atropelou Claudecy. No dia do acidente, Pedro fez um teste do bafômetro, que constatou a embriaguez do motorista. O teste de alcoolemia revelou que Pedro estava com 0,42 mg/L (miligramas de álcool por litro de ar expelido dos pulmões).

Nesta segunda (11), Pedro passou por uma audiência de custódia virtual e a juíza Renata do Carmo Evaristo Parreira, da 9ª Vara Criminal de Cuiabá, concedeu liberdade provisória para ele.

Em sua decisão, a magistrada determinou que Pedro pagasse uma fiança no valor de R$ 3.300, o equivalente a três salários mínimos. Ele não poderá mudar de cidade ou de endereço, e terá que comparecer ao juízo sempre que convocado, até a finalização do processo. O motorista também terá que arcar com os custos do tratamento médico de Claudecy.

“Conforme se ressai de seus antecedentes criminais, o autuado é primário e não possui registros policiais. Logo, a segregação do mesmo não se faz necessária, até porque, caso seja eventualmente condenado, não cumprirá a reprimenda em regime extremo”, disse a magistrada em parte de sua decisão.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários

coluna popular
Melhor entre os quatro últimos gestores
Durante o trajeto
Filha está isolada
População cobra Mendes
Irresponsabilidade

Últimas Notícias
18.01.2021 - 21:49
18.01.2021 - 20:34
18.01.2021 - 19:38
18.01.2021 - 19:04
18.01.2021 - 18:37




Informe Publicitário