PC combate grupo que deu golpes de R$ 2 mi em seguradoras em MT | MUVUCA POPULAR

Segunda-feira, 23 de Setembro de 2019

POLÍCIA Sexta-feira, 23 de Agosto de 2019, 11h:58 | - A | + A




OPERAÇÃO APÁTE

PC combate grupo que deu golpes de R$ 2 mi em seguradoras em MT

OPERAÇÃO APÁTE.jpg

 

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos (DERRFVA), deflagrou na manhã desta sexta-feira (23.08), a operação Apáte, com objetivo de cumprir seis mandados de busca e apreensão contra uma associação criminosa especializada em fraudes contra seguradoras de veículos.

A ação resultou na apreensão de quatro veículos, sendo três caminhonetes e uma motocicleta, além de uma pessoa presa em flagrante pelo crime de receptação.

O trabalho é resultado de uma investigação em curso na DERRFVA que apura crimes de estelionato, receptação, uso de documento falso, adulteração de sinal identificador de veículo e comunicação falsa de crime. A operação tinha como objetivo a localização e apreensão de elementos de informação que contribuam para o trabalho investigativo.

As investigações iniciaram com intuito de coibir crimes efetuados pela organização criminosa, especializada em fraudar seguradoras. Segundo as investigações, o grupo simulava crimes de roubos e furtos, percebendo remuneração ilícita do valor do contrato de seguro, adulterando posteriormente os veículos (dublê).

As informações são de que empresários participam dos golpes, que deram prejuízos de R$ 2 milhões às seguradoras. Eles ainda são acusados de ostentarem veículos de luxos - adquiridos com o golpes - nas redes sociais.

Os delegados, Gustavo Garcia Francisco (titular da DERRFVA) e Arnon Osny Mendes Lucas (responsável pelas investigações), estão a frente dos trabalhos que contou com o efetivo de 23 policiais, sendo 16 investigadores, três escrivães e quatro delegados.

Nome da operação: Apáte, na mitologia grega era um espírito que personificava o engano, o dolo e a fraude

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários