PM não gosta de transa e cobra dinheiro de volta ameaçando prostitutas; Militar foi preso | MUVUCA POPULAR

Segunda-feira, 23 de Setembro de 2019

POLÍCIA Quinta-feira, 22 de Agosto de 2019, 12h:07 | - A | + A




SEXO INSEGURO

PM não gosta de transa e cobra dinheiro de volta ameaçando prostitutas; Militar foi preso

SEXO INSEGURO.jpg

 

Um soldado da PM, identificado como D.C., 30 anos, foi detido pela Polícia Militar acusado de ameaçar duas garotas de programa num motel da Avenida Miguel Sutil, em Cuiabá, na noite de terça-feira (21).

De acordo com o Boletim de Ocorrência, o crime aconteceu por volta de 22h30. Denúncias apontaram que o trio estava usando drogas e bebidas dentro de um dos quartos do motel, onde houve a ameaça.

Quando a PM chegou no local, os envolvidos já haviam saído, porém, as vítimas foram localizadas em um posto de combustíveis da região. Elas informaram o hotel onde o PM estava hospedado em Cuiabá, pois, o militar é da cidade de Juína.

Segundo as vítimas, de 30 e 24 anos, elas foram contratadas pelo soldado e ele deu R$ 600 antecipados. Após o serviço, as vítimas teriam percebido o tom de voz alterado do policial, além do fato dele estar armado.

Ele teria ameaçado as mulheres e a obrigado a devolverem o dinheiro do programa sexual.

No hotel indicado pelas vítimas, o PM foi localizado e recebeu voz de prisão.

O militar não reagiu e foi encaminhado para a Central de Flagrantes, onde o caso foi registrado como ameaça.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários