“Abílio não respeita ninguém, é um meninão mal criado”, diz presidente da CSB  | MUVUCA POPULAR

Terça-feira, 26 de Janeiro de 2021

POLÍTICA Sábado, 28 de Novembro de 2020, 18h:10 | - A | + A




Inimigo dos servidores

“Abílio não respeita ninguém, é um meninão mal criado”, diz presidente da CSB

Vereador ficou conhecido como inimigo dos servidores públicos


redacaomuvuca@gmail.com

Reprodução Web

Wagner sindicato

 

O presidente substituto da Central dos Sindicatos Brasileiros em Mato Grosso (CSB) e representante do Fórum Sindical de Servidores Estaduais, Antônio Wagner, afirmou que o vereador e candidato à prefeitura de Cuiabá no 2º turno, Abílio Júnior (Pode), não passa de um “meninão mal criado que não respeita ninguém”.

“Abílio não respeita imprensa, não respeita o servidor público, não respeita opiniões diferentes da dele, não respeita ninguém. É um meninão mal criado, mimado e come e dorme”, disse o servidor em áudio divulgado nas redes sociais.

O servidor ainda lembrou a trajetória acadêmica e profissional do parlamentar, no qual Abílio se formou aos 30 anos e em vez de abrir seu escritório montou uma sala no Grande Templo, que era custeada pelos fieis da igreja.

“Filho de pastor de igreja que não tinha nada para fazer a não ser estudar, se formar com 30 anos idade? Meu amigo, é sinal de que o cara é um come e dorme, é um cara que não faz nada. Aí se forma e vai montar um escritório de arquitetura? Não, o cara consegue uma sala dentro da Assembleia de Deus sem pagar aluguel, sem pagar secretária, sem pagar internet, água, luz, sem pagar nada a troco do dízimo dos fieis. Esse é um cara corrupto, é um cara que vive do dinheiro dos fiéis”, disse Antônio Wagner.

O servidor ainda comparou o candidato à prefeitura de Cuiabá ao governador Mauro Mendes (DEM) e todos os seus apoiadores, que segundo ele, só representam seus próprios interesses e não o da população.

“Abílio é nota de R$3 reais, igual a Gisela, igual ao Mauro Mendes, igual ao [deputado estadual] João Batista, ao [deputado estadual] Delegado Claudinei, igual ao [deputado estadual] Ulysses Moraes, igual ao [deputado estadual] Faissal, igual ao [deputado estadual] Wilson Santos, igual a todos que estão do lado do Abílio. Todas essas pessoas são anti-servidores, anti-trabalhadores e anti-povo, essas pessoas não tem vergonha na cara de ferrar com o trabalhador e depois pedir votos para o mesmo trabalhador que foi ferrado. Essas pessoas representam seus próprios interesses”, finalizou.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

APOSENTADA - 29-11-2020 10:02:48

Antonio Wagner, vc disse o que pessoas de bem e equilibradas também pensam. PARABÉNS!!!! Se perceberem quem são, de fato, OS APOIADORES desse que no mínimo, penso ser INAPTO para GOVERNAR Cuiabá, que age demonstrando BIRRA e inconsequente, compreenderá quem ele REALMENTE É. Vovó sempre dizia, " OS SEMELHANTES SE UNEM para POTENCIALIZAR SUAS INTENÇÕES!". Nesse caso,... EVIDENCIA que ... já vivenciamos esse DESASTROSO " FILME" há 2 anos!

Responder

1
1


Carlos Nunes - 28-11-2020 18:35:07

Pois é, se alguém apresentar uma gravação, ANTES DA ELEIÇÃO, mostrando que tio Abilinho encheu os bolsos com pacotes de dinheiro...Empata o jogo, aí, fica Paletó X Paletó. Bem, aí, a gente decide em que votar, na cara ou coroa...joga a moeda pra cima, e torce pra ela cair e ficar em pé...pra não votar em nenhum dos dois...Por enquanto, o menos pior é o tio Abilinho. Votar em quem foi gravado enchendo os bolsos é dar um Atestado a favor da Corrupção. A Praga Nacional não é o Covid-19...é a maldita da Corrupção. Covid-19 é só um vírus irracional, que nem sabe o que faz, criado num laboratório pelo Governo Comunista Chinês, lá em Wuhan. Esse ser irracional, pra sobreviver, ataca as pessoas, uai.

Responder

2
13


2 comentários

coluna popular
Em 6 meses
Possível candidato a deputado estadual
"Gestão frutífera"
Covid-19
Bom senso

Últimas Notícias
26.01.2021 - 17:00
26.01.2021 - 16:49
26.01.2021 - 16:42
26.01.2021 - 16:25
26.01.2021 - 15:28




Informe Publicitário