ALMT cria "Observatório Socioeconômico" para auxiliar famílias pobres | MUVUCA POPULAR

Quinta-feira, 02 de Abril de 2020

POLÍTICA Quinta-feira, 26 de Março de 2020, 15h:07 | - A | + A




Crise do Covid-19

ALMT cria "Observatório Socioeconômico" para auxiliar famílias pobres

Projeto discute estratégias para ajudar microempreendedores


redacaomuvuca@gmail.com

ALMT.jpeg

Foto: Reprodução.

O Observatório Socioeconômico foi criado pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), nesta semana, com o intuito de ajudar na gestão de crise que o Covid-19 está causando para o setor dos pequenos empreendedores. O projeto conta com a participação de deputados e representantes da sociedade organizada.

Para ajudar na superação do momento de recessão econômica e evitar a falência de algumas empresas, o objetivo do grupo é estudar as medidas emergenciais e cabíveis para o enfrentamento da crise do novo coronavírus que tanto tem afetado todos os setores da sociedade e, principalmente, microempreendedores.

“Temos que ajudar o ambulante que é pequeno empresário, que vende cachorro quente. Aqueles vendedores que estavam na porta de escolas, que agora estão fechadas. Essas pessoas precisam de apoio, através do microcrédito, queremos disponibilizar recursos junto com a MT Desenvolve, através da Secretaria de Estado de Desenvolvimento (Sedec), estamos montando o projeto para atender entre 10 a 20 mil microempresários.” explicou o deputado Carlos Avallone (PSDB).

A comissão mista, é presidida pelo deputado Carlos Avallone e conta com os seguintes parlamentares: Ulysses Moraes (PSL), Thiago Silva (MDB), João Batista (PROS), Lúdio Cabral (PT), Paulo Araújo (PP), Elizeu Nascimento (DC), Xuxu Dalmolin(PSC), Dr. Eugênio (PSB) e Faissal Calil (PV). E as seguintes instituições: Federação das Indústrias, Câmara de Dirigentes Lojistas, Federação do Comércio, de Bens, Serviços e Turismo (Fecomércio), Associação Comercial, além da contribuição da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), incluindo prefeitos e vereadores.

O presidente da ALMT, deputado Eduardo Botelho (DEM), ressaltou o cuidado neste momento e frisou que os trabalhos parlamentares não podem estagnar.

“Defendo que não pode parar totalmente. Por isso, essa comissão é importante para verificar o setor que necessita e pode funcionar sem levar riscos à população. Esse observatório vai apresentar pontualmente todos os dias o impacto social.”

De acordo com Botelho, na última terça-feira (24) os segmentos se reuniram com o governo e prefeitos, para que o acompanhamento seja realizado de maneira acentuada.

Segundo o deputado Avallone, as decisões foram tomadas de forma unânime pela Assembleia. Dentre elas estão: economizar recursos, principalmente dos gabinetes parlamentares e, acompanhar com a equipe técnica da Área de Desenvolvimento Econômico e Social os diversos setores que estão paralisados e os impactos sofridos.

Avallone explicou que a intensão é amparar o governo a enfrentar a queda na arrecadação e consequentemente investir em despesas necessárias ao combate do coronavírus. A redução de despesas está sendo elaborada pelo primeiro-secretário da ALMT, deputado Max Russi.

Além disso, de acordo com o deputado do PSDB, o Observatório Socioeconômico foi criado diante a quantidade de ações necessárias para atender as famílias mais pobres do estado.        

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(3) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Jedae - 27-03-2020 12:14:46

Botelho, lava teus ônibus, que já vai ajudar em muito. Sei que te solicitar isso, é muito pra sua pequena capacidade. Porém, faça um esforço!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Responder

1
0


alexandre - 26-03-2020 17:43:45

vão gastar mais dinheiro na estrutura do observatorio, do que ajudando familias pobres...

Responder

1
0


- 26-03-2020 16:31:54

Vai ajuda as empresas deles kkk

Responder

2
0


3 comentários

coluna popular
Suspeito de coronavírus
Invenção de mato-grossense
Sargento Vidal irá assumir o cargo
Medida foi tomada devido à pandemia
Idosos estão lotando unidades

Últimas Notícias
01.04.2020 - 22:12
01.04.2020 - 20:36
01.04.2020 - 20:16
01.04.2020 - 19:35
01.04.2020 - 19:18


Carlos Fávaro (PSD)

Coronel Rúbia (Patriota)

Elizeu Nascimento (DC)

Gisela Simona (Pros)

José Medeiros (Podemos)

Júlio Campos (DEM)

Nilson Leitão (PSDB)

Otaviano Piveta (PDT)

Procurador Mauro (PSOL)

Reinaldo Morais (PSC)

Valdir Barranco (PT)

(Nenhum deles)

Feliciano Azuaga



Informe Publicitário