AMMP manifesta repúdio ao discurso de prefeito bolsonarista | MUVUCA POPULAR

Sexta-feira, 05 de Junho de 2020

POLÍTICA Segunda-feira, 30 de Março de 2020, 17h:00 | - A | + A




Cumprimento de Quarentena

AMMP manifesta repúdio ao discurso de prefeito bolsonarista

Gestor de Sapezal menosprezou riscos do coronavírus


redacaomuvuca@gmail.com

AMMP.jpg

Foto: Reprodução

Em nota oficial, a Associação Mato-Grossense do Ministério Público (AMMP) repudiou as declarações contrárias ao cumprimento de quarentena, devido ao novo coronavírus, feitas pelo prefeito de Sapezal Valcir Casagrande (PSL).

Na última semana, o prefeito do município de Sapezal, Valcir Casagrande (PSL), declarou em áudio compartilhado com grupo de comerciantes, ceticismo em relação à gravidade de disseminação do Covid-19 e incentivo aos que resistem ao isolamento social, com a seguinte afirmação:  

“Fiquem em casa e todo mundo morre de doença e de fome”, parte do áudio compartilhado pelo prefeito.

No texto feito pela AMMP, é lembrado que o Promotor de Justiça, João Marcos de Paula Alves, atuou na defesa à vida e saúde dos moradores de Sapezal, ressaltando a importância e urgência das recomendações impostas pelo Ministério da Saúde e pela Organização Mundial de Saúde.

“Sobre o isolamento social, é oportuno registrar que, na data de ontem, o próprio Ministro da Saúde, cautelosamente reforçou o pedido para que as pessoas permaneçam em suas casas e resumiu a gravidade do momento ao proferir a frase “Estamos preparados para ver caminhões do exército com corpos”, diz em trecho do texto.

Por fim, a instituição tratou a fala do prefeito bolsonarista como “açodado equívoco o Senhor Prefeito de Sapezal, ao expender comentários imerecidos sobre a atuação do referido colega de Ministério Público”.

Valcir Casagrande segue a linha do presidente Jair Bolsonaro, que em sua última declaração minimizou e ridicularizou os riscos que o Covid-19 pode causar na população.

Confira a nota na íntegra: 

A Associação Mato-Grossense do Ministério Público, em resposta às afirmações feitas pelo Prefeito de Sapezal, Sr. Valcir Casagrande, vem a público tecer as seguintes considerações:

A pandemia do Coronavírus (COVID-19) já acometeu no Mundo mais de 678 mil pessoas, provocando a morte de 31.776 seres humanos, o que nos reveste de profundo pesar e sobreleva os posicionamentos do Ministério Público do Estado de Mato Grosso em defesa da vida dos nossos concidadãos e concidadãs.

Só no Brasil, já foram confirmados 4.006 casos de Coronavírus, com o registro de 116 mortes com ele relacionadas, ressalvando-se que os testes de confirmação têm sido realizados apenas para pacientes internados.

Nesse cenário, o Promotor de Justiça João Marcos de Paula Alves, de Sapezal, atuando na defesa dos direitos à vida e à saúde, adotou, judicial e extrajudicialmente, as medidas necessárias para que as recomendações divulgadas pelo Ministério da Saúde e pela Organização Mundial de Saúde fossem observadas no Município de Sapezal, levando em consideração que o isolamento social é a providência de maior relevância e eficácia para conter a propagação dessa grave e preocupante pandemia, neste momento em que o vírus se dissemina com o seu ímpeto inicial entre nós. A cautela ministerial ombreia-se com os esforços empreendidos e propalados pelo Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

Sobre o isolamento social, é oportuno registrar que, na data de ontem, o próprio Ministro da Saúde, cautelosamente reforçou o pedido para que as pessoas permaneçam em suas casas e resumiu a gravidade do momento ao proferir a frase “Estamos preparados para ver caminhões do exército com corpos”.

É de destacar que o Dr. João Marcos de Paula Alves age na proteção da vida e da saúde, no elevado exercício de suas funções constitucionais e legais, adotando providências para assegurar que as recomendações definidas pelas autoridades da saúde do nosso País possam ser respeitadas e levadas a bom termo, em consonância com a gravidade do problema, fazendo-o com o zelo de observar o seu dever funcional, de modo que as medidas preventivas sejam cumpridas rigorosamente no âmbito da sua atuação.

Assim, incorre, a nosso ver, em açodado equívoco o Senhor Prefeito de Sapezal, ao expender comentários imerecidos sobre a atuação do referido colega de Ministério Público, os quais não contribuem para a posse da verdadeira dimensão do angustiante problema, tampouco para apaziguar os ânimos da população, num momento que exige temperança, racionalidade e responsabilidade, de cuja ordenação o Promotor faz-se mensageiro. Por essas razões, a Associação Mato-Grossense do Ministério Público exorta o Prefeito de Sapezal à retomada do diálogo respeitoso e da conjugação de esforços para conter o avanço dessa grave pandemia, a fim de que, nestes momentos primeiros, os mais angustiantes, adotemos medidas e regramentos aos quais todos os homens de bem deste País devem apor o seu consentimento.

Nessa linha, é que rogamos por bom senso e lucidez, lembrando que o mês de abril se apresenta como o mais cruel dos meses, germinando lilases de terra morta, parafraseando o genial T. S. Eliot.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(10) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Antonio - 31-03-2020 13:58:00

Fico triste de ler certos comentarios, gente que chama outros de medrosos, apavorados X corajosos, tudo por discordar de um assunto que deixa dúvidas. Tenho pessoas ligada a mim que trabalha como voluntários e estão preparados para cuidar de doentes, de pessoas que necessitam do amor fraternal e que encara de frente as doeças que ai estão alastrando no mundo todo. Nos que convivemos com as pessoas doentes, estamos sim, com medo; e por que não. Como chamam de medrosos se você não foi visitar as pessoas que ai estão com o coronavirus. Com certeza nem se fosse sua mãe você visitaria, pois não poderia.vocês não tem noção de como é ver e sentir você morrendo, com dores, se afogando por falta de ar. Parem de falar besteira, achar que é valente, você não aguenta uma dor de dente.

Responder

3
0


alex r - 01-04-2020 08:18:49

Parabéns! Já falei que a redação deveria censurar comentários bossais ! Nesse momento não ajudam e pioram a situação! O Nunes deveria ser preso ! É um terrorista assim como esse tal Jadae. Ao invés de aproveitar e se inteirar sobre o assunto e trazer conteúdos que possam ajudar os demais ficam bostejando em comentários. Assistam os videos do atila iamarino - Biólogo e do Felipe Castanhari. Se situem com 1 hora vcs terão noção do mundo real. Bando de alienados.

Responder

0
0


jose a silva - 31-03-2020 11:06:48

A POSTURA DESSA ASSOCIAÇÃO É ESDRUXULA E VERGONHOSA! BEM COMO A DE SEUS ASSOCIADOS!

Responder

0
5


Jedae - 31-03-2020 10:45:14

A verdade, que o Brasil não tem controle das mortes, impressionante como ninguém mais morre sendo assassinado, atropelado, câncer, baitolecidio, feminicidio etc, brigas entre travas e cafetões, agora é tudo culpa do vírus, palhaçada, tudo política, vergonha um governador fazer isso, enganar todo o povo para atingir um desafeto, mal caráter. O Brasil não pode parar, precisamos ir as ruas, pedir a renúncia de Doria, witzel, fora comunas em geral e cia!!!!!!!!!

Responder

0
4


Bolão - 30-03-2020 20:28:42

O Brasil está dividido sim C. Nunes! A divisão está naqueles que ouvem as orientações da OMS e da Ciência, e aqueles que acreditam em um energúmeno como Bolsonaro e seu guru Olavo de Carvalho. Faça um favor a si mesmo e vá tomar um leitinho de ornitorrinco da Amazônia!

Responder

9
2


Carlos Nunes - 30-03-2020 19:34:28

Ih! O Brasil já tá dividido em CORAJOSOS X APAVORADOS. Os Apavorados querem ficar tafuiados dentro de casa, porque a ciência mandou...Não vão ter coragem nem de colocar a cara pra fora, senão o coronavírus pega, uai. Se pelo menos os Apavorados ficassem com seus medos, seus temores, só pra eles...o negócio é que contaminam os outros, colocando medo, pavor, terror, no coração e mente das pessoas. Até pra morrer a pessoa tem que ter coragem. Morrer acovardado é ruim pra burro.

Responder

2
8


Zeca - 30-03-2020 19:04:38

NÃO DEIXEM DE ACREDITAR EM CIENTISTAS ,MÉDICOS .BIÓLOGOS ,NA OMS ,MINISTÉRIO DA SAÚDE E NAS MAIS ALTAS PERSONALIDADES DA CIÊNCIA ,PARA ACREDITAR EM PESSOAS SEM FORMAÇÃO .ANALFABETOS DO ¨OUVI DIZER ¨ !!! IRRESPONSÁVEIS QUE OUVEM O ¨dapena¨ ¨ratinho¨E OUTRAS PORCARIAS !!! OUÇAM A RAZÃO ,A CIÊNCIA !!!

Responder

7
3


Mariazinha - 30-03-2020 18:43:12

Aqueles que não tem medo ,é só assinar abrindo mão da UTI para você e sua familia .

Responder

8
3


olavo - 30-03-2020 21:15:15

E aqueles que debocharam do Bolsonaro da cloroquina, quando pegar a peste chinesa, só não tomar o remédio que o Bolsonaro falou... Espera a china mandar a vacina...

Responder

2
4


Carlos Nunes - 30-03-2020 17:35:32

Só gostaria de saber o seguinte> 1) Quantos casos suspeitos de coronavírus tem em Sapezal? 2) Quantas pessoas tão infectadas? 3) Quantas tão em tratamento? 4) Quantas vão ser CURADAS? 5) Quantas vão morrer? Alguém sabe disso. Sabe ou não sabe? Qual a estrutura da Saúde em Sapezal? Tem hospital estadual, municipal? Quantos Postos de Saude, UPA's, tem? As autoridades da Saúde federal e estadual já mandaram os kits de exame do coronavírus pra Sapezal? Mandaram ou não mandaram? E os casos da dengue, da dengue hemorrágica, da Gripe H1N1, e outras doenças, como tão? Até agora parece que não existe nenhum caso de coronavírus em Sapezal, porque a Imprensa não divulgou nada...e a turma colocando o Terror, o Medo, o Pavor, no coração e mente dos moradores de Sapezal. É, tem APAVORADOS em todo lugar. Se pelo menos OS APAVORADOS ficassem com o medo deles, só pra eles.

Responder

3
7


10 comentários

coluna popular
Presidente do PV é cotado à prefeitura de Cuiabá
Cinco pessoas próximas testaram positivo
Vírus se alastra no Governo Estadual
Possível contaminação em massa no Executivo
Reação pronta

Últimas Notícias
04.06.2020 - 22:54
04.06.2020 - 21:19
04.06.2020 - 20:01
04.06.2020 - 19:00
04.06.2020 - 17:53




Informe Publicitário