Aprovados no concurso do sistema sócio-educativo cobram nomeação  | MUVUCA POPULAR

Terça-feira, 22 de Setembro de 2020

POLÍTICA Terça-feira, 04 de Agosto de 2020, 12h:14 | - A | + A




Novas unidades

Aprovados no concurso do sistema sócio-educativo cobram nomeação 

Sesp afirma que não há previsão de nomeação dos mais de mil aprovados


redacaomuvuca@gmail.com

educativo

 

Os aprovados no concurso de 2018 do sistema sócio-educativo de Mato Grosso, cobram do governo a nomeação dos mais de mil agentes aprovados. Rodrigo Rodrigues, que representa a categoria, participou de entrevista ao vivo no Programa do Muvuca, na Rádio Shekinah FM, nesta terça-feira (4). 

"O sistema sócio-educativo sofre com a precariedade, a luta é de mais de 14 anos para aumentar o efetivo profissional e as unidades. Fizemos o concurso em meados de 2018, que foi homologado em março de 2020", disse. 

Segundo o representante do grupo, atualmente o sócio-educativo conta com seis unidades para atender os 141 municípios do Estado, com um efetivo de 265 agentes, número insuficiente para a demanda. 

"Unidades precárias, sem estrutura. São cerca de 23 municípios para cada unidade, é pouco", afirma. 

No concurso foram mais de mil agentes aprovados, fora os auxiliares administrativos, que seguem na incerteza de quando poderão ocupar a vaga de direito.

Em 2018, a Procuradoria Geral de Justiça (PGJ) entrou com um pedido de intervenção federal em Mato Grosso por conta dos descumprimentos de decisões judiciais por parte do governador da época Pedro Taques (PSDB) em relação à construção de novas unidades do Sistema Socioeducativo. Atualmente, a justiça já bloqueou mais de R$ 30 milhões das contas do Estado.

O governador Mauro Mendes (DEM) assinou a ordem de serviço para a construção do novo Centro de Atendimento Socioeducativo (CASE) de Rondonópolis (183 km de Cuiabá). A autorização ocorreu em 13 de julho, dia em que o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) completa 30 anos. o prazo para conclusão da obra é de seis meses. 

Em relação a construção das outras cinco unidade, conforme determinação judicial, o a Sesp não respondeu sobre a previsão de início das obras. 

“Vamos chamar conforme a necessidade.  A Sesp está fazendo planejamento, mas não há prazos e nem datas. Não vamos criar falsas expectativas em quem aguarda ser chamado”, disse o secretário de Segurança Pública, Alexandre Bustamante. 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Francismar - 05-08-2020 06:33:43

Estão burlando a lei...a constituição.,..estão com contratados em estado de urgência,sendo q tem aprovados aguardando....nomear é cumprir a lei

Responder

1
0


1 comentários

coluna popular
Secretários querem preservar cargos
Aprovado em primeira votação
Presidente apoia desconhecida em MT
Visita de Bolsonaro
Dramatizando

Últimas Notícias
21.09.2020 - 22:33
21.09.2020 - 21:06
21.09.2020 - 20:01
21.09.2020 - 19:38
21.09.2020 - 19:00


Muvuca (PL)

Adevair Cabral (PTB)

Chico 2000 (PL)

Misael Galvão (PTB)

Ricardo Lobo (PL)

Aladir (PL)

Sargento Joelson (SD)

Juca do Guaraná (MDB)

Luluca Ribeiro (MDB)

Macrean

Ralf Leite (MDB)

Renivaldo Nascimento

Toninho de Souza

Edna Sampaio (PT)

Robson Cireia (PT)

Ricardo Saad

Oseas Machado (MDB)

Rogério Varanda

Alex Ribeiro (PP)

Maurélio (PSDB)

Dudu Santos

Marcelo Bussiki

Vinícyus Clovito

Diego Guimarães

Mário Nadaf

Marcos Veloso

Gisele Almeida

Orival do Farmácia

Wilson Kero-Kero

Dr. Xavier

Justino Malheiros

Zidiel Coutinho

Sargento Vidal

Dídimo Vovô

Clebinho Borges

Júlio da Power

Jamilson Moura

Emídio de Souza (PSL)

Adalberto Cavalcanti

Ricardinho

Kako do CPA

Dilemário Alencar

Max Campos (PSB)

Cezinha Nascimento

Edienes Hadassa

Dr Luiz Fernando

PF Rafael Ranalli

Gabriel Henrique

Itamar Jefferson (PL)

Cristiano Paraqueda

Sebastião Moraes

Daniel

Justino Campos

Rafael "Faré"

Darley Gonçalves

Osmar Rodrigues "Chefinho"

Elenir Pereira

Prof.instrutor Joaquim Neto

Diogo Fernandes

Ade Silva

Sargento Ozeni

Dito Paulo

Paulo Macedo

Luiz BA

Professor Frankes

Paulo da VGDI

Valdemir MM

Weto Salgado

Dr. Daúde

Bob Medina

Wagner Vinícius

Luis Carlos

Carlos Henrique do Correio

Adv Cris

Elenir Pereira

Zé Carlos

Luis Cláudio

Huelton Souza

Rosenil Luiz (Canelinha de pacu) (PL)

Sargento Ozeni

Luiz Poção (PL)

Edilson Odilon (PL)

Paulinho CPA

Germânio Araújo

Chico do Leblon

Delegado Garcia

Renato Anselmo

Cleber Adôrno

Doidinhoducorte

Neno do Pascoal Ramos

Prof. Jorginho



Informe Publicitário