Bolsonaro usa vídeo de comentarista para culpar governadores pelas 100 mil mortes | MUVUCA POPULAR

Terça-feira, 22 de Setembro de 2020

POLÍTICA Terça-feira, 11 de Agosto de 2020, 08h:10 | - A | + A




Política desastrosa

Bolsonaro usa vídeo de comentarista para culpar governadores pelas 100 mil mortes

Milton Cardoso coleciona declarações para bajular o presidente


redacaomuvuca@gmail.com

 

Em ofensiva para se esquivar da responsabilidade sobre a política que levou o Brasil ultrapassar as 100 mil mortes pelo coronavírus, o presidente Jair Bolsonaro publicou em suas redes sociais na madrugada desta terça-feira (11) um vídeo em que o comentarista Milton Cardoso, da afiliada da TV Bandeirantes no Rio Grande do Sul, para culpar governadores pela desastrosa política de combate à Covid-19.

Apoiador de Bolsonaro, Milton Cardoso coleciona declarações para bajular o presidente e o governo e chegou a repetir Paulo Guedes, chamando servidores públicos de “parasitas” e atacando a Justiça do Trabalho em comentário para defender as posições do ministro da Economia.

No vídeo compartilhado por Bolsonaro, Milton Cardoso diz que “transformaram uma doença, uma pandemia, uma experiência inédita em politicagem”, antes de reforçar a tese do presidente, de que o Supremo Tribunal Federal (STF) tirou “os poderes do chefe da nação”.

“O preço está aí: desemprego, miséria, suicídio, empresas e comércios fechando as portas, violência doméstica, pedofilia, presos sendo libertados, tudo em nome do coronavírus, com o clichê para salvar vidas”, diz Cardoso, afirmando que Bolsonaro sempre foi contra “o famoso lockdown” e defendia o isolamento vertical.

“A vontade do presidente foi ignorada por decisão do STF, com apoio da rede Goebbels, repassada para prefeitos, governadores com decisões incoerentes e absurdas”, diz o comentarista da Band, usando o nome do ministro nazista da propaganda para se referir à Globo.

Ofensiva

Nesta segunda-feira (10), quando o Brasil bateu as 101.752 mortes pelo coronavírus, Bolsonaro decidiu dar uma volta, sem máscara de proteção, e comer churrasquinho, enquanto o Planalto lançava uma ofensiva para culpar prefeitos e governadores pelas vítimas da Covid-19.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(6) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

alexandre - 11-08-2020 17:45:33

Bolsonaro deu dinheiro,pra estado e municipio, combater, abrir UTI, testar o povo, o dinheiro sumiu, compraram respiradores fake, o povo da padece e a culpa é do Bolsonaro ?a polícia federal tá investigando prefeito e governadores. No o SUS a ponta de lança é vc estado e municipio..

Responder

0
3


Bolão - 11-08-2020 19:42:58

Você vive em que mundo? Onde você viu isso? A verdade dói! Bolsonaro veta repasse de R$ 8,6 bilhões para combate a coronavírus. O presidente Jair Bolsonaro sancionou com vetos uma lei que poderia liberar R$ 8,6 bilhões para estados, Distrito Federal e municípios comprarem equipamentos e materiais de combate à covid-19. O projeto original aprovado pelo Congresso Nacional previa a extinção do Fundo de Reserva Monetária, mantido Banco Central, e a destinação dos recursos para o enfrentamento da pandemia. Mas Bolsonaro vetou todos os dispositivos que vinculavam o uso do dinheiro à batalha contra o coronavírus. Fonte: https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2020/06/03/bolsonaro-veta-repasse-de-r-8-6-bilhoes-para-combate-a-coronavirus

Responder

1
0


Jedae - 11-08-2020 13:51:44

Calma borrão!!!!!

Responder

0
1


Bolão - 11-08-2020 12:29:23

Típico do Bozo! Jogar a culpa nos outros e espalhar um monte de fakes nas redes sociais! Fora Bolsonaro!

Responder

3
2


Jedae - 11-08-2020 10:10:10

O governador da Bahia, petista, já roubou a vontade. Assim como vários outros prefeitos e governadores!

Responder

5
4


Carlos Nunes - 11-08-2020 08:40:29

Pois é, os tios do Supremo tiraram o Poder do presidente...passou esse Poder de decidir PARAR o país e adotar o Protocolo de Tratamento que quisessem pros PREFEITOS...Na maioria dos Estados, os Governadores ficaram "a ver navios", como diz o ditado popular, não puderam fazer muita coisa...quem decidiu foram os Prefeitos mesmo. Só naqueles Estados onde Governadores e Prefeitos são do mesmo partido, unha e carne, é que combinaram...Exemplo> São Paulo, com tio Dória e tio Covas. Já na Bahia, Salvador...o Prefeito quis uma coisa e o Governador outra, pois são de partidos diferentes. Dizem que lá o Prefeito quis adotar um Protocolo, e o Governador confiscou os remédios. Por aqui em Mato Grosso, tio MM e tio Manuel nunca se entenderam...Quem parou a cidade, e adotou o Protocolo que quis foi tio Manuel - ele que dirige o SUS municipal. Mas (sempre tem um Mas na estória)...os tios Prefeitos dos mais de 5 mil municípios, se virem que o povo brasileiro tá insatisfeito...vão jogar a batata quente em cima do BOLSONARO...vão culpa-lo por ter parado o país, e pelo Protocolo de Tratamento ERRADO. Mas (tem outro Mas)...não resta dúvida que os tios do Supremo causaram todo esse imbróglio, dando Poder pros Prefeitos...Lá em Araraquara, a jovem tava sossegada, sentada num banco da Praça, quando os Guardas Municipais chegaram e a retiraram NA MARRA, NA PORRADA, NA GRAVATA, NO PESCOÇÃO...quase mataram a mulher...Fizeram isso a mando de quem> Do BOLSONARO? Do Prefeito...Consta que na reunião ministerial com o MORO, a última, o BOLSONARO cobrou do MORO, como Ministro da Justiça, providências contra os absurdos que fizeram com a jovem lá em Araraquara...isso tá gravado...Parece que o MORO nada fez...No vídeo do imbróglio entre o Desembargador e o Guarda Municipal, o Desembargador disse pro Guarda> Decreto Municipal não é maior do que Lei...Ih! Lá em Araraquara Decreto Municipal foi maior até do que a Constituição...Quando sentaram a PORRADA na jovem, seus direitos constitucionais foram jogados na lata do lixo...Já tamos na Ditadura às custas do Covid-19...O Desembargador tava certo...

Responder

7
4


6 comentários

coluna popular
Secretários querem preservar cargos
Aprovado em primeira votação
Presidente apoia desconhecida em MT
Visita de Bolsonaro
Dramatizando

Últimas Notícias
21.09.2020 - 22:33
21.09.2020 - 21:06
21.09.2020 - 20:01
21.09.2020 - 19:38
21.09.2020 - 19:00


Muvuca (PL)

Adevair Cabral (PTB)

Chico 2000 (PL)

Misael Galvão (PTB)

Ricardo Lobo (PL)

Aladir (PL)

Sargento Joelson (SD)

Juca do Guaraná (MDB)

Luluca Ribeiro (MDB)

Macrean

Ralf Leite (MDB)

Renivaldo Nascimento

Toninho de Souza

Edna Sampaio (PT)

Robson Cireia (PT)

Ricardo Saad

Oseas Machado (MDB)

Rogério Varanda

Alex Ribeiro (PP)

Maurélio (PSDB)

Dudu Santos

Marcelo Bussiki

Vinícyus Clovito

Diego Guimarães

Mário Nadaf

Marcos Veloso

Gisele Almeida

Orival do Farmácia

Wilson Kero-Kero

Dr. Xavier

Justino Malheiros

Zidiel Coutinho

Sargento Vidal

Dídimo Vovô

Clebinho Borges

Júlio da Power

Jamilson Moura

Emídio de Souza (PSL)

Adalberto Cavalcanti

Ricardinho

Kako do CPA

Dilemário Alencar

Max Campos (PSB)

Cezinha Nascimento

Edienes Hadassa

Dr Luiz Fernando

PF Rafael Ranalli

Gabriel Henrique

Itamar Jefferson (PL)

Cristiano Paraqueda

Sebastião Moraes

Daniel

Justino Campos

Rafael "Faré"

Darley Gonçalves

Osmar Rodrigues "Chefinho"

Elenir Pereira

Prof.instrutor Joaquim Neto

Diogo Fernandes

Ade Silva

Sargento Ozeni

Dito Paulo

Paulo Macedo

Luiz BA

Professor Frankes

Paulo da VGDI

Valdemir MM

Weto Salgado

Dr. Daúde

Bob Medina

Wagner Vinícius

Luis Carlos

Carlos Henrique do Correio

Adv Cris

Elenir Pereira

Zé Carlos

Luis Cláudio

Huelton Souza

Rosenil Luiz (Canelinha de pacu) (PL)

Sargento Ozeni

Luiz Poção (PL)

Edilson Odilon (PL)

Paulinho CPA

Germânio Araújo

Chico do Leblon

Delegado Garcia

Renato Anselmo

Cleber Adôrno

Doidinhoducorte

Neno do Pascoal Ramos

Prof. Jorginho



Informe Publicitário