Candidatos de 5 maiores cidades de MT gastaram mais de R$ 6 mi para serem eleitos  | MUVUCA POPULAR

Terça-feira, 26 de Janeiro de 2021

POLÍTICA Segunda-feira, 23 de Novembro de 2020, 15h:22 | - A | + A




Dados financeiros

Candidatos de 5 maiores cidades de MT gastaram mais de R$ 6 mi para serem eleitos

Com exceção de Cuiabá, levantamento foi realizado com outras potências do Estado


redacaomuvuca@gmail.com

 

Com exceção da Capital, que realizará neste domingo (29), o segundo turno que definirá quem administrará a cidade nos próximos quatro anos, outros municípios de Mato Grosso já têm seus gestores. Para chegarem a esperada vitória, esses políticos tiveram que investir valores em campanhas, vídeos e outras metodologias que chamaram a atenção dos eleitores. Desse modo, tirando Cuiabá, os candidatos das outras cinco maiores cidades do Estado gastaram juntos um valor de R$ 6.024.766,97.

Em sua primeira disputa como candidato à prefeitura, o Emedebista Kalil Baracat conseguiu já ser vitorioso. O político foi eleito com 46,12% de todos os votos computados da Cidade Industrial. Para chegar a esse resultado, o pecuarista investiu R$ 2.286.730,49 em sua campanha eleitoral. A maior parte dos valores, R$ 750 mil, foram usados para ‘produção de programas de rádio, televisão ou vídeo’.

Logo na sequência, o atual prefeito de Rondonópolis (212 quilômetros de Cuiabá) Zé Carlos do Pátio (SD), conseguiu ser reeleito com uma porcentagem de 43,87%. O gestor utilizou R$ 1.969.109,50 em seu pleito eleitoral. Cerca de 36,23% foi investido também em ‘produção de programas de rádio, televisão ou vídeo’, outros valores foram aplicados em demais despesas.

Entrando na vaga ocupada por Rosana Martinelli (PL), o empresário Roberto Dorner (Republicanos), gastou R$ 802.575,24 em seu pleito eleitoral, que o fez tornar-se o próximo administrador de Sinop (480 quilômetros da Capital). O político foi eleito com 49,11% dos votos.

Em Tangará da Serra (242 quilômetros de Cuiabá) Vander Masson (PSDB) ganhou em disparada, o Tucano teve 72,73% das intenções de votos. Já atuante na área da administração, o político gastou R$ 172.042,41 em todo o pleito.

No município de Cáceres (220 quilômetros da Capital) Eliene Liberato (PSB), que era vice do atual do prefeito conseguiu ser vitoriosa na cidade. A mulher utilizou R$ 794.309,33 em sua campanha eleitoral e teve cerca de 38,16% de todos os votos.

Os dados apresentados aqui podem ser conferidos no portal DivulgaCand, clicando AQUI.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários

coluna popular
Em 6 meses
Possível candidato a deputado estadual
"Gestão frutífera"
Covid-19
Bom senso

Últimas Notícias
26.01.2021 - 16:49
26.01.2021 - 16:42
26.01.2021 - 16:25
26.01.2021 - 15:28
26.01.2021 - 15:11




Informe Publicitário