Cerca de 40% dos bares e restaurantes não devem reabrir, avalia sindicato  | MUVUCA POPULAR

Sexta-feira, 10 de Julho de 2020

POLÍTICA Sexta-feira, 05 de Junho de 2020, 11h:00 | - A | + A




Efeito Pandemia

Cerca de 40% dos bares e restaurantes não devem reabrir, avalia sindicato

Após mais de dois meses fechado, setor volta a funcionar a partir de segunda-feira (8).


redacaomuvuca@gmail.com

Foto: Reprodução.

O presidente do Sindicato dos Hotéis, Bares e Restaurantes, Luiz Carlos Nigro, disse que até 40% dos bares e restaurantes não vão conseguir retomar as atividades na próxima semana, após mais de dois meses fechados como medida de prevenção a propagação do Covid-19 (coronavírus).

“É muito tempo fechado, os empresários não aquentam manter a folha de pagamento, a Favo de Mel e o restaurante Divino Fogão por exemplo já fecharam as portas, esse número deve descer”, afirmou em entrevista ao Programa Muvuca.

O Sindicato ainda não tem um levantamento do número de demissões no setor e espera concluir essa estimativa em até 15 dias.

Na semana passada o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), liberou o funcionamento dos bares e restaurantes a partir da próxima segunda-feira (8), com restrições.

Esses estabelecimentos devem funcionar de terça-feira a domingo das 11h15 às 15h para almoço e das 18h30 às 23h no jantar. A capacidade máxima de mesas e circulação de pessoas está limitada a 50%.

Na avaliação de Nigro, mesmo com a retomada, o delivery deve continuar crescendo. “Mesmo com os restaurantes abertos nem todos os clientes vão sentir segurança em ir, muitos vão continuar pedindo a comida pelo delivery, que deve continuar a crescer durante a pandemia”, finalizou.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Silva - 05-06-2020 12:53:47

Estão dizendo que as barracas de Sucos e Pasteis, comidas e outros alimentícios, no beco ao lado da Igreja Matriz, vai abrir amanhã. A pressão é muita em cima do prefeito. E até mesma no governador. Ali se abrir, vai ser foco da pandemia. Ali não tem nenhuma estrutura, a aglomeração é muito intensa, passa e para muita gente. Ali vc passa esbarrando um no outro. Ali não te pia adequada, para lavar as mãos, nem mesmo para lavar os produtos de forma adequada para o consumo. Poderia arrumar um lugar com mais espaço para as pessoas ali trabalharem. Onde tenha mais higiene.

Responder

1
0


1 comentários

coluna popular
Rondonópolis
Nesta sexta
Dinheiro da pandemia
Novo coronavírus
TBT

Últimas Notícias
10.07.2020 - 14:03
10.07.2020 - 13:21
10.07.2020 - 13:05
10.07.2020 - 12:04
10.07.2020 - 11:44




Informe Publicitário