Cidades devem obedecer critérios para fazer parte das opções de turismo em MT | MUVUCA POPULAR

Domingo, 26 de Maio de 2019

POLÍTICA Sábado, 20 de Abril de 2019, 08h:23 | - A | + A




REGRAS

Cidades devem obedecer critérios para fazer parte das opções de turismo em MT

O representante da Secretaria Adjunta de Estado de Turismo, Diego Augusto, alertou aos prefeitos municipais que as cidades que querem participar do Mapa do Turismo tem até dia 30 de abril para entregar os documentos que comprovem a atividade turística no local.

“Nós temos um processo de atualização, como eu falei no início essa atualização é bienal, então a última atualização foi feita em 2017, hoje a gente necessita fazer essa atualização por determinação do Ministério do Turismo, através da portaria 192, para que esse mapa tenha uma nova validade 2019/2021", explicou em entrevista à Rádio Capital, nesta semana.

Ele ressaltou que foi repassado alguns prazos para os municípios, e destacou que o fato de um município participar do Mapa e estar num programa não é só dizer, “quero participar”, ele precisa cumprir alguns critérios.

"Comprovar realmente que ele quer e tem condição de participar, possuir um conselho ativo, possuir orçamento previsto em lei para o turismo, ter um órgão de turismo ainda que não seja um órgão exclusivamente de turismo, muitas vezes uma secretaria de cultura e turismo ou muitas vezes de cultura, esportes e turismo".

Sendo assim, os documentos devem ser entregues na Secretaria até dia 30. A partir disso, a Secretaria vai analisar toda essa documentação inserida no sistema do Ministério chamado SISPRT (Sistema de Informações do Programa de Regionalização do Turismo)
Posteriormente, existe a previsão desses representantes desses lugares partigiparem em maio de uma oficina participativa para discutir qual a configuração do Mapa.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários