Com crescimento da Covid-19, volta às aulas será "definida" por enquete da Seduc | MUVUCA POPULAR

Segunda-feira, 18 de Janeiro de 2021

POLÍTICA Terça-feira, 12 de Janeiro de 2021, 17h:10 | - A | + A




Assunto polêmico

Com crescimento da Covid-19, volta às aulas será "definida" por enquete da Seduc

Pasta vem sofrendo duras críticas por conta do sugerido "sistema híbrido"


redacaomuvuca@gmail.com

Reprodução

escolas nova.jpg

 

Com a grande polêmica que envolve ainda a volta às aulas na rede estadual, o governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Educação (Seduc), decidiu nesta terça-feira (12) que irá fazer uma enquete para tomar uma decisão final sobre se de fato haverá o retorno presencial no próximo mês nas instituições escolares, ou se alguma mudança será acrescentada no planejamento inicial que foi elencado pela pasta. Fato se dá também pelo grande crescimento de casos da Covid-19 desde o mês de dezembro até hoje.

Por meio da assessoria, a Seduc informou ainda que a enquete será disponibilizada para que toda a comunidade escolar possa escolher entre três modelos que serão apresentados no site www.seduc.mt.gov.br. Sendo esses: presencial (100% dos alunos em sala de aula), híbrido (50% dos alunos em sala de aula, com revezamento) ou não presencial (100% dos alunos em casa com estudo on-line e off-line).

A votação foi disponibilizada nesta terça-feira (12) e será finalizada na próxima quinta-feira (14). Para que se possa votar, pais ou responsáveis e os profissionais da educação deverão informar o número do CPF, o município onde os filhos estudam ou onde o profissional está lotado, e no caso dos pais quantos filhos estão matriculados na rede estadual de ensino.

Será computado apenas um voto por pessoa, de todas estas categorias informadas.

Em qualquer um dos três modelos já uma definição da secretaria de que os estudos deverão retornar no próximo mês. Vale ressaltar ainda que os estudantes não terminaram o ano letivo de 2020.

Assunto “sensível”

Na última sexta-feira (8) o secretário Alan Porto, responsável pela Seduc, disse em entrevista que as decisões tomadas pela pasta visam beneficiar os alunos que foram prejudicados no ano letivo de 2020. Na situação, o servidor destacou ainda que considera o assunto muito “sensível”.

“Nós estamos sim preocupados, todos os dias a gente olha para a curva pandêmica e como que está o crescimento e a gente observa que vem crescendo. O importante é que nós estamos preparados para o retorno não-presencial, que é o sistema online e apostilado. E estamos preparados também para o retorno às aulas no sistema híbrido”, disse.

Nesta mesma situação, Porto que já sofria severas críticas por conta deste assunto, pontuou acreditar que o sistema híbrido seja uma das melhores alternativas que se pode oferecer aos estudantes, visto que o Estado também se preocupa com a situação emocional de todos.

“A gente também que olhar para o aspecto sócio emocional, tem muitos alunos, muitos professores que está passando por problemas de ansiedade, problemas de depressão, a escola é um ambiente de comunicação, um ambiente social, é um ambiente de diálogo, então a gente também tem que olhar para esse lugar”, exclamou.

Fato é que o desfecho de todo esse imbróglio ainda vai se prolongar no mínimo até o fim desta semana, onde o resultado da enquete deverá ser divulgado e deve ser elencada também uma resposta da pasta.

Entrelaçado a isso, deverá se aguardar o posicionamento do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público (Sintep-MT). Isso porque, como divulgado já por emanuelzinho, foi sinalizada pela associação uma possível greve, caso o governo prossiga com o retorno presencial antes da vacinação em massa.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários

coluna popular
Melhor entre os quatro últimos gestores
Durante o trajeto
Filha está isolada
População cobra Mendes
Irresponsabilidade

Últimas Notícias
18.01.2021 - 21:49
18.01.2021 - 20:34
18.01.2021 - 19:38
18.01.2021 - 19:04
18.01.2021 - 18:37




Informe Publicitário