31 de Julho de 2021

Coordenador da FUNAI é filmado agredindo indígena em MT  | MUVUCA POPULAR

 

POLÍTICA Sexta-feira, 21 de Maio de 2021, 11h:00 A | A

Veja vídeo

Coordenador da FUNAI é filmado agredindo indígena em MT

Álvaro Peres nega agressão e afirma que indígena que ‘partiu para cima’


redacaomuvuca@gmail.com

 

O coordenador Regional (CR) Xavante, unidade descentralizada da Fundação Nacional do Índio (Funai) em Barra do Garças, Mato Grosso, Álvaro Peres, foi filmado por câmeras do circuito interno da unidade agredindo um senhor indígena, identificado como Zé Maria.

Nas imagens, que não possuem áudio, é possível ver o momento que o senhor entra na sala do coordenador e parece nervoso ao cobrar algo de Álvaro, que em seguida saí da sala e vai para ‘cima do indígena’.

Diante da situação, a mulher que acompanhava o senhor tenta intervir. Vários funcionários são flagrados saindo de suas salas e indo até o corredor para verificar o que estava acontecendo, mas nenhum intervém.

Nas redes sociais, indígenas Xavantes compartilharam as imagens e pediram a exoneração do coordenador.

“Um ato de covardia como esse do coordenador Álvaro da CR Xavante de Barra do Garças, merece uma denúncia e uma exoneração. Este indivíduo não está qualificado para exercer este cargo como Coordenador desta Fundação Nacional do Índio”, afirmou Wellington Tserenhiru no Facebook.

Já Glicério Ruwa'adi opinou afirmando que o coordenador não teria ética profissional. “É provável que ele não tem noção e ética profissional qualificado como indigenista”, afirmou.

Contudo, o coordenador afirmou ao Muvuca Popular que o vídeo foi editado e o senhor Zé Maria é quem teria partido 'pra cima dele’. Álvaro Peres também informou que o caso já está sendo investigado pela Polícia Federal de Barra do Garças.

A redação também entrou em contato com a assessoria de comunicação da Fundação Nacional do Índio (FUNAI), mas até a publicação dessa matéria não se posicionou sobre o caso.

Veja o vídeo: 


COMENTÁRIOS

(6) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Alex R - 21-05-2021 14:33:51

Olha nada simplesmente nada justifica isso ! Mas tem certos pontos estranhos quando se trata com indígenas... O governo deveria fazer um adendo na Constituição, índio somente tem certos direitos na aldeia , no meio dos "brancos" vale a lei geral dos "brancos" ...

Responder

3
20


Boe - 21-05-2021 18:27:43

Alex, mas a previsão legal é isso, e não é governo que muda a constituição. Comentário tão...

Responder

1
1


Alex R - 22-05-2021 23:26:03

Emendas a Constituição se dá por PEC apresentada por parlamentar no caso governista, que vai ser votada na Câmara dos deputados depois Senado. As pessoas não entendem o que é uma Funai sequestrada por índios ou sequer passam onde tem pedágios dos mesmos... Ou perguntaram para comerciantes das cidades perto de área indígenas como é a realidade de lá... Então BOE. Eu tenho amigo que foi sequestrado por indígenas isso pq ele era da FUNAI ! Sim sequestrado tem matéria e tudo e o que que dá? NADA! São essas situações que devem mudar a exemplo.

Responder

0
0


Vitor - 21-05-2021 12:40:41

Complicado isso, não podemos aceitar que isso vire rotina..

Responder

6
2


Ademar - 21-05-2021 12:40:02

A saúde indígena, é o orçamento mais caro da União( na área de saude)! É a onde muitos entram, não porque gostam de trabalhar, e sim, por que são muito bem remunerado! Eu vejo muitos profissionais que ganham bem, sem fazer nada, além de não ir atrás de soluções pr os problemas, acabam agindo dessa forma..

Responder

7
8


Cassia - 21-05-2021 12:39:34

É triste, todos sabemos que a maioria que esta na funai pra lutar e defender a gnt, só esta lá por causa do salário não tem o respeito por quem somos...

Responder

12
1


6 comentários





Denuncie no muvuca popular

Email: redacaomuvuca@gmail.com / Tel: - (65) 3359-0112 - Whats: (65) 9.8167-8899

Edifício Helbor Dual, Sala 1314, cuiabá / MT 78048250

Todos os Direitos Reservados - Muvuca Popular - 2021