Deccor não encontra irregularidades em cestas básicas adquiridas pela prefeitura  | MUVUCA POPULAR

Sexta-feira, 10 de Julho de 2020

POLÍTICA Sexta-feira, 05 de Junho de 2020, 12h:21 | - A | + A




Perseguição da oposição

Deccor não encontra irregularidades em cestas básicas adquiridas pela prefeitura

Todos os itens da lista estavam na cesta básica


redacaomuvuca@gmail.com

cesta

 

A equipe da Delegacia Especializada de Combate à Corrupção (Deccor), esteve na Secretaria  Municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência para apurar denúncia de superfaturamento em compra de cesta básica  feita por um parlamentar da oposição à Gestão Municipal. Porém, nenhuma irregularidade foi encontrada.  

A denúncia foi feita pelo vereador Diego Guimarães (Cidadania), que faz parte do grupo de oposição ao prefeito Emanuel Pinheiro (MDB)  e tem realizado várias denúncias inverídicas, que só atrapalham a gestão no período de pandemia.

“A gestão informa que nenhuma irregularidade foi encontrada no local e a Prefeitura reitera seu compromisso, lisura e transparência nas ações desenvolvidas”, diz trecho da nota.   

Durante a diligência  autorizada pelo delegado, os policiais solicitaram a conferência de itens constantes em modelo de cesta básica adquirido por meio do  contrato 147/2020.

Os policiais, munidos do contrato, visitaram o almoxarifado e constataram que todos os 22 itens descritos fazem parte das cestas distribuídas a 392 famílias em situação de vulnerabilidade social referenciadas por meio dos 14 Centros de Referência e Assistência Social (CRAs). 

O que mostra mais uma vez uma manobra do grupo de oposição ao prefeito, busca de toda maneira encontrar irregularidades na gestão, para utilizar de forma eleitoreira.   

Veja nota

A Prefeitura Municipal de Cuiabá informa que na tarde desta quinta-feira (4), uma equipe composta por três policiais da Delegacia Especializada de Combate à Corrupção (Deccor), da Polícia Judiciária Civil, esteve nas dependências da Secretaria Municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência no intento de apurar denúncia feita por um parlamentar da capital.

A gestão informa que nenhuma irregularidade foi encontrada no local e a Prefeitura reitera seu compromisso, lisura e transparência nas ações desenvolvidas.
Durante a diligência autorizada pelo delegado, os policiais solicitaram a conferência de itens constantes em modelo de cesta básica adquirido por meio do contrato 147/2020. Mediante anuência da gestão da pasta e, acompanhados da assessoria jurídica, o procedimento foi realizado.

Os policiais, munidos do contrato, visitaram o almoxarifado e constataram que todos os 22 itens descritos fazem parte das cestas distribuídas a 392 famílias em situação de vulnerabilidade social referenciadas por meio dos 14 Centros de Referência e Assistência Social (CRAs).
Oportuno esclarecer que modelos distintos de cestas básicas estavam dispostos no almoxarifado da Assistência Social, onde podem ser encontradas cestas provenientes de doações e também destinadas às famílias carentes por meio do Fundo Social Solidário.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários

coluna popular
Rondonópolis
Nesta sexta
Dinheiro da pandemia
Novo coronavírus
TBT

Últimas Notícias
10.07.2020 - 14:03
10.07.2020 - 13:21
10.07.2020 - 13:05
10.07.2020 - 12:04
10.07.2020 - 11:44




Informe Publicitário