Deputado critica Plano de Demissão Voluntária implantado por Mauro Mendes | MUVUCA POPULAR

Quarta-feira, 13 de Novembro de 2019

POLÍTICA Sexta-feira, 08 de Fevereiro de 2019, 10h:12 | - A | + A




Preocupação PDV

Deputado critica Plano de Demissão Voluntária implantado por Mauro Mendes

(redacaomuvuca@gmail.com)
Redação

 

Em entrevista ao site emanuelzinho, o deputado estadual João Batista (PROS), criticou o Plano de Demissão Voluntária (PDV) de servidores públicos, implantado pelo atual governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM).    

Segundo João Batista, o PDV é uma “furada” para os servidores e irá prejudicar a sociedade. “É lamentável, pois está abrindo mão de servidores altamente qualificados que poderiam produzir algo útil para a população”, explicou o deputado.  

O deputado Elizeu Nascimento (DC), também mostrou preocupação com o PDV. “ O que não pode acontecer é utilizar o Plano de Demissão Voluntária para coagir o servidor público para se demitir”, esclarece o parlamentar.    

Segundo o Governo do Estado, a implantação do DPV pode economizar R$ 48,3 milhões nos próximos dois anos. Os dados fazem parte de um levantamento realizado pela Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), que coordena o trabalho, junto a Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI), Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) e a Empresa Mato-grossense de Mineração (Metamat).    

Conforme o levantamento, 375 empregados públicos dessas três empresas demonstram interesse em aderir ao PDV, sendo 146 na MTI, 180 na Empaer e 49 na Metamat.    

Somente em 2019 a economia gerada com o PDV pode chegar R$ 21,5 milhões. Em 2020 esse valor passaria para R$ 26,8 milhões. Já em 2021 para R$ 27,6 milhões e em 2022 chega a R$ 30 milhões, totalizando R$ 106 milhões nos próximos quatro anos. 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(9) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

jose a silva - 09-02-2019 06:12:27

O problema desses governos é que são tão incompetentes (Silval, criminoso, Taques faliu baguncinha, casamento, Mentes faliu grupo bipar - salvo pela prefeitura) que só sabem ver o que os outros fizeram e não o que não fizeram, ficam olhando pra trás! Se olharem pra frente, fazerem algo em prol do povo e servidores, a coisa vai andar! Mas, sempre um mas, do jeito que fazem desmotivando, denegrindo e pisoteando o servidor, esse produz menos, por motivos psicológicos, pontuais ou propositais e aí o "barco" afunda e junto vai o timoneiro e tripulação (governador e secretários)! O servidor continua, é concursado, é estável e espera passar os quatro anos pra ver se vem alguém melhor e competente ou vai amargando decepções! MAS QUE MAUro MENTE decepcionou até a sua última geração... esse aí, se eu encontrar em algum lugar vou tratar pior que cão sarnento e saio do ambiente!

Responder

8
0


Aleandra - 08-02-2019 13:22:41

80% do que arrecada é pra pagar funcionário!!! Assim não tem estado que aguenta e olha que existe muitos servidores que ainda não foram convocados

Responder

5
32


xomano - 08-02-2019 18:04:40

se informe pois a senhora está falando uma bobagem do tamanho do universo, e pelo jeito a senhora não deve conhecer a disciplina de matémática pois não saber fazer cálculo.

Responder

18
2


Carla - 08-02-2019 13:21:11

O governador e seus associados também tem que entrar nesse plano de demissão voluntária

Responder

33
2


Raimundo - 08-02-2019 13:17:39

Eles querem demitir servidores de carreira para seus loteamentos políticos e sobrar espaço para os comissionados? que é pagamento de campanha?

Responder

32
3


Adriela - 08-02-2019 13:16:34

Como ele quer fazer isso? a pessoa estuda para ter um lugar no serviço público e vem um político sem competência para implantar algo fazendo com que os servidores se matem?

Responder

25
2


Arthur - 08-02-2019 13:15:02

Saudades do Dante de Oliveira, que mesmo com o estado quebrado sabia gerenciar e não ficar tapando o sol com a peneira

Responder

17
4


Amelia - 08-02-2019 13:13:52

mandar embora os comissionados dele, não quer não né? Eu em, quem mandou votar nele

Responder

22
1


Gil - 08-02-2019 13:12:54

O problema do estado é o servidor e não a corrupção pensamento dos políticos

Responder

23
1


9 comentários