Deputados retornam hoje com pauta cheia | MUVUCA POPULAR

Sábado, 24 de Agosto de 2019

POLÍTICA Terça-feira, 13 de Agosto de 2019, 07h:30 | - A | + A




Ao trabalho

Deputados retornam hoje com pauta cheia

AL debaterá incentivos, lei da pesca PPA e minireforma


Muvuca Popular

 Sessão na ALMT | Foto: Marcos Lopes

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso tem seu funcionamento normalizado hoje, após um recesso branco de uma semana. Os deputados estaduais retomam as atividades legislativas com a realização da primeira sessão ordinária deste segundo semestre.

Entre as propostas que devem ser debatidas pelos parlamentares já neste início de trabalho está o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2020. A proposta prevê uma receita de R$ 19,155 bilhões, mas a despesa é de R$ 19,863 bilhões. Até o momento, 80 emendas já foram apresentadas. Outro projeto que gera polêmica e estará em debate será a 'Lei da Pesca', projeto 668/2019, que trata da cota zero da pesca nos rios mato-grossenses para os próximos cinco anos.

Também será debatido o Plano Plurianual (PPA), previsto para ser entregue à Casa de Leis até o final de agosto, e ainda o Projeto de Lei Orçamentária Anual (LOA 2020), previsto para ser encaminhado até o final de setembro.

Os deputados ainda terão que apreciar os vetos do governador Mauro Mendes (DEM) as emendas parlamentares aprovadas sob Projeto de Lei Complementar 53/2019, que trata sobre a convalidação dos incentivos fiscais do Estado e ainda instituiu novas alíquotas tributárias. O governo vetou cinco emendas incluídas no texto original do projeto de lei.

A expectativa é de que o Legislativo derrube os vetos de Mendes, tendo em vista que todas foram elaboradas para atender aos pleitos do setor atingido pelo projeto.

A proposta foi aprovada pelo Legislativo no último dia 29 por 14 votos contra nove, após uma sessão que se perdurou por mais de 12 horas.

Ainda está previsto a chegada de outros projetos polêmicos, como uma uma nova reforma administrativa na estrutura do Governo do Estado.

 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários