Desembargador decide delação de maior ficha-suja e racha TJ-MT  | MUVUCA POPULAR

Sexta-feira, 10 de Abril de 2020

POLÍTICA Quarta-feira, 19 de Fevereiro de 2020, 18h:13 | - A | + A




Tribunal de Justiça exposto

Desembargador decide delação de maior ficha-suja e racha TJ-MT

Marcos Machado pegou para si a responsabilidade de homologar delação de José Riva


redacaomuvuca@gmail.com

marcos machado.jpg

Foto: Reprodução

A decisão do desembargador Marcos Machado de definir monocraticamente o destino da delação do ex-deputado José Riva gerou um mal estar generalizado na Justiça mato-grossense.

O curso normal seria encaminhar a proposta fechado entre o Ministério Público Estadual (MPE) e Riva para o Órgão Especial do Tribunal de Justiça, composto por 13 desembargadores, mas isso não aconteceu.

O clima ficou tenso. Alguns dos membros mais antigos questionam inclusive a relatoria de Machado, que tem notório relacionamento de amizade e prestação de serviço s com políticos delatados por Riva, como o ex-ministro e ex-governador Blairo Maggi, de quem Marcos Machado foi secretário de Administração, Saúde e Meio Ambiente.

Para muitos desembargadores a relatoria já deixava o TJ exposto, agora, com a decisão monocrática então, o ambiente é de constrangimento.

Entenda

Riva teria listado 38 nomes de parlamentares que teriam recebido entre 2003 e 2015 mais de R$ 175,6 milhões em ‘mesadas’.

Os valores que os parlamentares recebiam por mês variam de R$ 25 mil a R$ 150 mil. Em alguns casos os deputados recebiam montantes maiores em períodos diferentes.

O delator aponta ainda que o pagamento da propina se dava por meio de notas promissórias que atestavam falsamente o recebimento de produtos e serviços não entregues ou não prestados à Assembleia.  

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(3) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Ricardo - 20-02-2020 09:32:15

Quanto teatro para condenar um rico

Responder

0
0


jose a silva - 20-02-2020 07:01:20

Pois é! E só agora começam a se preocupar? Por que? Seus nomes constariam da relação da delação? NÃO TEM PROBLEMA NÃO! JÁ SABEMOS QUE CHIQUEIRO DE PORCO (POCILGA) E PAU DE GALINHEIRO É MAIS NOBRE E MAIS LIMPO QUE TJ, MPE, TCE, ALMT e outros!

Responder

1
1


claudinei - 20-02-2020 02:54:58

Tem até ligação de Machado pra Silval.. jogavam combinadinhos na época

Responder

3
0


3 comentários

coluna popular
Assessor de Jayme Campos
Não está de olho em reeleição
Intuito é que a população monitore contaminados
Pesquisa foi divulgada pela UFMT
Partido se prepara para eleições

Últimas Notícias
09.04.2020 - 21:54
09.04.2020 - 20:51
09.04.2020 - 20:27
09.04.2020 - 19:18
09.04.2020 - 18:50


Carlos Fávaro (PSD)

Coronel Rúbia (Patriota)

Elizeu Nascimento (DC)

Gisela Simona (Pros)

José Medeiros (Podemos)

Júlio Campos (DEM)

Nilson Leitão (PSDB)

Otaviano Piveta (PDT)

Procurador Mauro (PSOL)

Reinaldo Morais (PSC)

Valdir Barranco (PT)

(Nenhum deles)

Feliciano Azuaga



Informe Publicitário