Em um dia, ocupação de UTIs do SUS aumenta 37,2% em MT | MUVUCA POPULAR

Segunda-feira, 13 de Julho de 2020

POLÍTICA Quarta-feira, 03 de Junho de 2020, 13h:11 | - A | + A




Covid-19

Em um dia, ocupação de UTIs do SUS aumenta 37,2% em MT

Ocupação de leitos tem correlação com aumento de casos do coronavírus


redacaomuvuca@gmail.com

Foto: Reprodução.

Em apenas um dia, a taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Sistema Único de Saúde (SUS), dos casos de coronavírus (Covid-19), aumentou 37,2%. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), no dia 1º de junho, eram 51 pacientes. Ontem (2), o número saltou para 70 internações.

Quando a análise leva em consideração os meses de maio e junho, o aumento é ainda mais significativo. No dia 2 de maio, eram 7 pacientes internados em UTIs públicas e 5 pessoas em leitos clínicos. A taxa de ocupação era de 6,7% e 1,2%, respectivamente. No mês passado, eram 12 óbitos. Atualmente, o estado acumula 75 mortes decorrentes do vírus.

O número tem correlação direta com o aumento de casos confirmados e o avanço da doença pelo interior do estado. No dia 2 de maio, MT tinha 333 casos confirmados distribuídos entre 33 cidades. No último boletim epidemiológico, foram registrados 2.862 infectados, um aumento de 759% em um mês. Dos 141 municípios, 97 já registraram infectados pelo coronavírus.

Entretanto, contanto que a taxa de ocupação dos leitos públicos não ultrapasse os 60%, o governo não pretende restringir a circulação de pessoas nas ruas. O governador Mauro Mendes (DEM) liberou, no dia 22 de abril, a celebração de cultos religiosos presenciais e parques estaduais. O chefe do Executivo explica que a baixa ocupação dos leitos, que em até então estava em 2,8% de UTIs, Mato Grosso poderia seguir com suas atividades comerciais.

"Com essa baixa ocupação, entendemos que não é necessário o fechamento das atividades econômicas no estado de Mato Grosso, por isso, neste decreto, apresentamos as recomendações que devem ser obedecidas pelos prefeitos e municípios. Elas valem, independente do município ter ou não ter um grande número de casos”, afirmou na época.

Leia também: Após liberação de parques e igrejas, casos de coronavírus aumentam 144% em MT

À nível municipal, em Cuiabá, o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) também é favorável a flexibilização do isolamento social, com algumas restrições. Hoje (3), os shopping centers da capital reabrem das 14h às 22h, de segunda à sábado. Na próxima segunda-feira (8), bares, restaurantes e similares também foram liberados, funcionando com apenas 50% da sua capacidade.

Hoje, em entrevista à rádio Centro América, Mendes defendeu a abertura de novas UTIs, o que permite que o comércio funcione mesmo em meio à pandemia.

“O governo de Mato Grosso, da nossa estratégia, está abrindo UTIs, isso vai salvar a vida das pessoas, e isso vai permitindo, tendo leitos para atender, que a economia possa funcionar. Isso vai salvar vidas também. Porque se ficar sem trabalhar, se fecha tudo, como alguns defendem, vai trazer ruinas muito grandes. Quem são as pessoas que podem ficar 2, 3 meses sem trabalhar, sem comer?”, defende o governador.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários

coluna popular
Parlamentar fiscalizador
Conseguiu apenas 3% das assinaturas
Alta de 300%
“Vida nova, nova esperança”
Eleições municipais

Últimas Notícias
13.07.2020 - 11:12
13.07.2020 - 10:32
13.07.2020 - 10:20
13.07.2020 - 10:02
13.07.2020 - 09:14




Informe Publicitário