Emanuel classifica criticas de Medeiros como eleitoreiras e sem embasamento  | MUVUCA POPULAR

Terça-feira, 24 de Novembro de 2020

POLÍTICA Sábado, 24 de Outubro de 2020, 15h:13 | - A | + A




Critica infundada

Emanuel classifica criticas de Medeiros como eleitoreiras e sem embasamento

Deputado criticou medidas adotadas para o enfrentamento ao covid-19 em Cuiabá


redacaomuvuca@gmail.com

Emanuel Pinheiro (3).jpeg

 

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), candidato à reeleição, afirmou que as criticas feitas pelo vereador e candidato ao Alencastro, Abílio Júnior (Pode), e pelo deputado federal e candidato ao Senado, José Medeiros (Pode), são eleitoreiras, baixas e sem embasamento técnico.

“Eles estão usando da fragilidade das pessoas para tentar angariar votos em cima da pior crise sanitária que a capital já vivenciou”, afirmou o gestor em nota encaminhada ao site.

Abílio e Medeiros criticaram as medidas adotadas pela gestão de Pinheiro no enfretamento ao covid-19. Porém, conforme ressaltou Emanuel o decreto foi criado juntamente com o Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus, com base em estudos do Ministério da Saúde e Organização Mundial da Saúde.

“O decreto sobre a redução da frota do transporte coletivo foi uma medida adotada não somente em Cuiabá, mas, em São Paulo, Florianópolis, Belo Horizonte e outras cidades. Quanto ao fechamento do comércio, o mundo inteiro adotou a mesma medida. O que evitou uma tragédia maior. Cuiabá foi preparada para enfrentar um vírus desconhecido, enquanto o vereador brincou com a doença,  andando inclusive com uma sacola no rosto em lugares públicos”, afirmou o gestor.

Além disso, o gestor enfatizou que foram criados 135 leitos de UTIs exclusivos para pacientes com covid de todo estado de Mato Grosso.

“Com relação aos gastos citados pelos dois candidatos, a Prefeitura de Cuiabá disponibiliza todas as informações sobre uso de recursos no Portal Transparência- ‘Transparência Coronavírus’. Além disso, para dar transparência dos recursos recebidos e dos gastos efetuados no enfrentamento à covid, o Ministério Público do Estado de Mato Grosso celebrou Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Município”, acrescentou.

Pinheiro ainda lembrou que os Departamentos de Matemática e de Geografia e do Instituto de Saúde Coletiva da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) também avaliaram que o isolamento social adotado pela Prefeitura de Cuiabá no início da pandemia foi um fator importante no achatamento da curva de contaminação, evitando o colapso do sistema de saúde, dando tempo para a cidade preparar sua estrutura e evitando um número muito maior de mortes.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Carlos Nunes - 25-10-2020 08:30:09

Ih! Vai entender isso...a Imprensa regional revelou que nessa Administração, foram afastados por suspeita de Corrupção: 2 Secretários de Educação, 2 Secretários de Saúde, e até um Procurador. Até o preço da INVERMECTINA pra tratar do Covid-19 Superfaturaram. E o tio diz que tudo isso é "crítica eleitoreira sem embasamento". Aí, tio Sílvio, a mando do tio Silval, gravou uma turma enchendo as bolsas, as pastas, os bolsos, com pacotes de dinheiro...Bons tempos aqueles onde uma imagem valia mais do que mil palavras. Quer dizer que toda aquela gente fez o "mau feito"...só o tio fez o certo? Só ele?

Responder

4
2


1 comentários

coluna popular
Fim da linha
ICMS
Aliado do 2º turno
Pouca participação
Ameaça suspender o recesso

Últimas Notícias
24.11.2020 - 08:25
24.11.2020 - 08:19
24.11.2020 - 08:05
23.11.2020 - 22:34
23.11.2020 - 21:19




Informe Publicitário