Escola de samba é vaiada por criticar Bolsonaro | MUVUCA POPULAR

Sexta-feira, 10 de Abril de 2020

POLÍTICA Domingo, 23 de Fevereiro de 2020, 14h:26 | - A | + A




Carnaval 2020

Escola de samba é vaiada por criticar Bolsonaro

Acadêmicos de Vigário Geral levou palhaço com faixa presidencial para a Sapucaí


redacaomuvuca@gmail.com

Foto: Reprodução15

A Acadêmicos de Vigário Geral abriu a primeira noite de desfiles da Série A levando uma crítica ao presidente Jair Bolsonaro para a Avenida Sapucaí. A escola de samba entrou no Sambódromo, às 22h45 de sexta-feira, com o enredo "O conto do vigário.

Ao fim do desfile, integrantes da agremiação empurravam um palhaço gigante com uma faixa presidencial e fazendo sinal de arma com uma mão. O público se dividiu entre aqueles que aplaudiram a alegoria e outros que vaiaram.

A ala "Bloco Sujo" fez referência aos blocos de rua que se manifestam contra o descaso do poder público. Os componentes, que vestiam fantasias comuns no carnaval de rua, como palhaço, diabo, marinheiro e melindrosa, carregavam estandartes com as palavras "Educação", "Cultura", "Saúde" e "Democracia".

O vereador Tarcísio Motta (PSOL) veio à frente de um dos carros da agremiação. Segundo ele, “foi uma honra e uma alegria desfilar na Acadêmicos de Vigário Geral, mostrando a farsa de políticos que despertam a ira em nome da fé, mas cantando a resistência de quilombolas, indígenas e favelados”: “Emocionante!”, disse o vereador.

A presidente da Vigário Geral criticou também o prefeito Marcelo Crivella. De acordo com Elizabeth Cunha, a escola precisou pedir ajuda a co-irmãs para colocar o carnaval na Avenida em 2020. Segundo ela, “os últimos anos têm sido muito difíceis, principalmente para a Série A".

“Esse ano foi muito difícil, mas pedindo aos amigos e fazendo reciclagem, colocamos a escola na rua. Pedimos ao governador que ele nos ajude porque, nos últimos anos, na gestão Crivella, tem sido dureza”, disse Betinha, como é conhecida.

Antes do desfile, representantes da Liga das Escolas de Samba do Rio (Lierj), que organiza o desfile da Série A, apresentaram uma faixa com apelos ao governador Wilson Witzel no setor 1. Eles afirmam que a Série A “sofre pela falta de apoio do poder público”. Segundo a direção da liga que representa a Série A, as escolas estão “agonizando”. Betinha foi uma das lideranças que participou do protesto.

Indagado sobre a manifestação, o presidente da Riotur, Marcelo Alves, disse que “esse é um protesto democrático”. Alves disse que espera que as escolas da Série A façam um belo espetáculo.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(4) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

olavo - 24-02-2020 05:20:18

Tão querendo enganar quem, foi 90% vaia e muita vaia.. Colocaram boneco do moro nunca jaula, essa escola de samba é sustentada pelo tráfico todo mundo no Rio sabe... Vergonha! Agora sabemos todo psolista é traficante por isso essa palhaçada com moro e bolsonaro...

Responder

7
3


alexandre - 23-02-2020 20:21:19

Eles querem, que o poder publico banque o carnaval .. de jeito nenhum...

Responder

5
6


Carlos Nunes - 23-02-2020 17:01:55

O negócio é que esse pessoal AFUNDOU, ARREGAÇOU, com a Economia Brasileira...os mais de 14 Milhões de Desempregados, os mais de 30 Milhões de Trabalhadores jogados na marra no Setor informal pra sobreviver...os rombos dentro de rombos...a roubalheira desgraçada...não apareceu da noite pro dia. Demorou 14 anos pra acontecer...Quando o cara mais honesto do Brasil, que tava preso porque foi condenado na segunda Instância, e que foi solto com o presente de papai noel do tio Tofolli, que desempatou o 5 X 5...disse a famosa frase: Não se preocupem, não tem crise alguma, é só uma Marolinha...MENTIU! Aí, apareceu o BOLSONARO, e essa turma vendo que ele podia ganhar a eleição, recrutou, treinou, e deu a ordem pro coitado do Adélio> MATA O BOLSONARO, SENÃO ELE ELEGE. Adélio, meio débil mental, foi fácil de manejar pela turma. Se BOLSONARO estivesse lá embaixo na pesquisa, não aparecia Adélio nunca. É uma turma perigosa, roubaram a Nação, mandaram a Economia pra UTI...e ainda são assassinos. O pobre do Celso Daniel foi uma das vítimas. Vão ter que aguentar o BOLSONARO 4 anos. Como dizia o velho Zagallo: Vão ter que engolir. E BOLSONARO só tá colocando Militares (Generais, principalmente) nos cargos mais estratégicos...vai ser difícil, impossível, político corrupto procurar um General pra fazer negociata, pegar propina. Se tentar, vai preso na hora. Acabou a propinagem descarada.

Responder

13
11


Maria Silva - 23-02-2020 17:36:21

Concordo plenamente com você!

Responder

8
9


4 comentários

coluna popular
Assessor de Jayme Campos
Não está de olho em reeleição
Intuito é que a população monitore contaminados
Pesquisa foi divulgada pela UFMT
Partido se prepara para eleições

Últimas Notícias
09.04.2020 - 21:54
09.04.2020 - 20:51
09.04.2020 - 20:27
09.04.2020 - 19:18
09.04.2020 - 18:50


Carlos Fávaro (PSD)

Coronel Rúbia (Patriota)

Elizeu Nascimento (DC)

Gisela Simona (Pros)

José Medeiros (Podemos)

Júlio Campos (DEM)

Nilson Leitão (PSDB)

Otaviano Piveta (PDT)

Procurador Mauro (PSOL)

Reinaldo Morais (PSC)

Valdir Barranco (PT)

(Nenhum deles)

Feliciano Azuaga



Informe Publicitário