Ex-secretário da Copa afirma que denúncia de fraude é “idiotice de quem não tem o que fazer” | MUVUCA POPULAR

Sábado, 19 de Setembro de 2020

POLÍTICA Quarta-feira, 22 de Janeiro de 2020, 19h:00 | - A | + A




Fraude em Licitação

Ex-secretário da Copa afirma que denúncia de fraude é “idiotice de quem não tem o que fazer”

Éder Moraes e outros dois réus são acusados de desvio de R$ 400 mil em licitação de obra


redacaomuvuca@gmail.com

eder-moraes.jpg

 

O ex-secretário da Secretaria Extraordinária Estadual da Copa (Secopa), Éder Moraes Dias, afirmou que a denúncia sobre os indícios de fraude na licitação das obras da trincheira Mário Andreazza é idiotice de quem não tem o que fazer. De acordo com o político, existem erros grotescos de matemática.

Além do ex-secretário, o ex-presidente da Comissão de Licitação da Secopa, Eduardo Rodrigues da Silva, também é réu no processo. Em sua defesa, Éder declarou que o prejuízo de R$ 400 mil aos cofres públicos, apontado em denúncia pelo Ministério Público, não é verídico porque o estado deixou de pagar a empresa responsável pela obra, a Ster Engenharia Ltda.

“É difícil debater com esse pessoal que não entende de nada, que não conhece. No relatório está bem claro, bem sucinto. A Ster engenharia abandonou a obra faltando receber R$ 1,5 milhão. Se tivesse qualquer prejuízo, é só deduzir da quantia que ficou para receber”, afirmou ao emanuelzinho.

Segundo o edital de contratação para as obras da trincheira Mário Andreazza, era necessário que a empresa apresentasse duas propostas, uma com os valores do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), e ainda um segundo projeto com a isenção do imposto. A empresa Ster Engenharia Ltda foi a vencedora da licitação, no valor de R$ 5,8 milhões (com a taxação) e R$ 5,2 milhões (sem o ICMS).

Apesar de ter vencido com a melhor proposta, de R$ 5,238 milhões, a empreiteira foi contratada no valor de R$ 5,879 milhões, o que gerou um prejuízo de R$ 410 mil aos cofres públicos de Mato Grosso.

O ex-secretário afirmou ainda que possui provas contra a acusação e que encomendou um estudo técnico que evidencia sua inocência no caso.

“Eu tenho um parecer de um perito contábil que analisou esse processo desde a sua gênese até o final. Só no devido processo legal e em juízo eu vou apresentar o relatório que desmascara absolutamente essas acusações que tem sido corriqueiras, que faz parte do abuso de acusar”, declarou.

Entretanto, essa não é a primeira vez que o nome de Éder esteve envolvido em esquemas fraudulentos. O ex-secretário já foi condenado em esquemas de lavagem de dinheiro, além de dívidas de sonegação de impostos.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários

coluna popular
Parlamentares buscam estratégias
Deputado quer apoiar coronel Fernanda
Expulsou profissionais da TV Centro América
Blairo, Eraí e Mendes tentam eleger senador
Parte do partido quer apoiá-lo ao Senado

Últimas Notícias
19.09.2020 - 14:10
19.09.2020 - 11:54
19.09.2020 - 11:50
19.09.2020 - 11:47
19.09.2020 - 11:38


Muvuca (PL)

Adevair Cabral (PTB)

Chico 2000 (PL)

Misael Galvão (PTB)

Ricardo Lobo (PL)

Aladir (PL)

Sargento Joelson (SD)

Juca do Guaraná (MDB)

Luluca Ribeiro (MDB)

Macrean

Ralf Leite (MDB)

Renivaldo Nascimento

Toninho de Souza

Edna Sampaio (PT)

Robson Cireia (PT)

Ricardo Saad

Oseas Machado (MDB)

Rogério Varanda

Alex Ribeiro (PP)

Maurélio (PSDB)

Dudu Santos

Marcelo Bussiki

Vinícyus Clovito

Diego Guimarães

Mário Nadaf

Marcos Veloso

Gisele Almeida

Orival do Farmácia

Wilson Kero-Kero

Dr. Xavier

Justino Malheiros

Zidiel Coutinho

Sargento Vidal

Dídimo Vovô

Clebinho Borges

Júlio da Power

Jamilson Moura

Emídio de Souza (PSL)

Adalberto Cavalcanti

Ricardinho

Kako do CPA

Dilemário Alencar

Max Campos (PSB)

Cezinha Nascimento

Edienes Hadassa

Dr Luiz Fernando

PF Rafael Ranalli

Gabriel Henrique

Itamar Jefferson (PL)

Cristiano Paraqueda

Sebastião Moraes

Daniel

Justino Campos

Rafael "Faré"

Darley Gonçalves

Osmar Rodrigues "Chefinho"

Elenir Pereira

Prof.instrutor Joaquim Neto

Diogo Fernandes

Ade Silva

Sargento Ozeni

Dito Paulo

Paulo Macedo

Luiz BA

Professor Frankes

Paulo da VGDI

Valdemir MM

Weto Salgado

Dr. Daúde

Bob Medina

Wagner Vinícius

Luis Carlos

Carlos Henrique do Correio

Adv Cris

Elenir Pereira

Zé Carlos

Luis Cláudio

Huelton Souza

Rosenil Luiz (Canelinha de pacu) (PL)

Sargento Ozeni

Luiz Poção (PL)

Edilson Odilon (PL)

Paulinho CPA

Germânio Araújo

Chico do Leblon

Delegado Garcia

Renato Anselmo

Cleber Adôrno

Doidinhoducorte

Neno do Pascoal Ramos

Prof. Jorginho



Informe Publicitário