Fávaro defende união dos poderes na luta contra Covid-19 | MUVUCA POPULAR

Terça-feira, 22 de Setembro de 2020

POLÍTICA Quinta-feira, 09 de Julho de 2020, 17h:24 | - A | + A




Unidos contra o vírus

Fávaro defende união dos poderes na luta contra Covid-19

Senador defende uma discussão entre governo, prefeitura e órgãos de controle


redacaomuvuca@gmail.com

 

O senador de Mato Grosso, Carlos Fávaro (PSD), defende a união de todos os poderes na luta contra o covid-19, que já acometeu mais de 24 mil mato-grossenses. 

"Não é momento de brigas políticas, é tempo de unir forças, ninguém tem a fórmula pronta. Precisamos salvar vidas", disse. 

O parlamentar defende que esse é o momento de unir o Governo Estadual, os prefeitos e os órgãos de controle. "Dispararam os preços de equipamentos, medicamentos e isso subentende que o gestor está querendo gastar mal o dinheiro público ou até corrupção. É obrigação dos parlamentares fiscalizar e os orgãos de controle devem participar juntos do processo". 

Na avaliação de Fávaro a união de forças entre os poderes trará respostas mais rápidas e também salvará mais vidas. "Precisamos socorrer a população que tanto precisa neste tempo". 

"Todos (poderes e justiça) querem ajudar, não é fácil. Unidos assim eles podem acompanhar as tomadas de decisões e diminuir os impactos. É uma pandemia, algo nunca vivido antes", ressaltou. 

O senador também afirmou que é uma situação delicada  para o comércio, pois o fechamento afeta não apenas os empresários mas os funcionários que dependem dos salários para sobreviver. "Vai chegando no extremo, no começo Mato Grosso reagiu muito bem na pandemia". 

Fávaro destaca que todos vão sentir os impactos da pandemia. "Essa pandemia é um desastre na vida humana e também na vida das empresas, os números apontem que 9% das empresas da baixada cuiabana não vão abrir mais".

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Maque - 09-07-2020 18:39:27

Os 122 dias desde o início da pandemia deveriam (mas não foram) ter servido justamente para as autoridades (das 3 esferas) prepararem leitos adicionais de UTIs, atendimento adequado nos postos e UPAs, aquisição de medicamentos e equipamentos necessários e, principalmente, testes (PCR), muitos testes mesmo, para traçar e conter os focos de pessoas contaminadas. Aí, sim, seria possível definir uma estratégia racional de reabertura do comércio, serviços e indústria. Sem esquecer de uma campanha educativa maciça e sem rodeios para a população conhecer o que realmente acontece com uma pessoa infectada com a doença agravada: em 3 ou 4 dias os pulmões vão a falência, o sistema vascular é avariado e o doente é tomado por inflamação em vários órgãos.

Responder

0
0


1 comentários

coluna popular
Marketing
Eleições municipais
Senado
Coronavírus
Secretários querem preservar cargos

Últimas Notícias
22.09.2020 - 16:32
22.09.2020 - 16:25
22.09.2020 - 16:14
22.09.2020 - 15:51
22.09.2020 - 15:51


Muvuca (PL)

Adevair Cabral (PTB)

Chico 2000 (PL)

Misael Galvão (PTB)

Ricardo Lobo (PL)

Aladir (PL)

Sargento Joelson (SD)

Juca do Guaraná (MDB)

Luluca Ribeiro (MDB)

Macrean

Ralf Leite (MDB)

Renivaldo Nascimento

Toninho de Souza

Edna Sampaio (PT)

Robson Cireia (PT)

Ricardo Saad

Oseas Machado (MDB)

Rogério Varanda

Alex Ribeiro (PP)

Maurélio (PSDB)

Dudu Santos

Marcelo Bussiki

Vinícyus Clovito

Diego Guimarães

Mário Nadaf

Marcos Veloso

Gisele Almeida

Orival do Farmácia

Wilson Kero-Kero

Dr. Xavier

Justino Malheiros

Zidiel Coutinho

Sargento Vidal

Dídimo Vovô

Clebinho Borges

Júlio da Power

Jamilson Moura

Emídio de Souza (PSL)

Adalberto Cavalcanti

Ricardinho

Kako do CPA

Dilemário Alencar

Max Campos (PSB)

Cezinha Nascimento

Edienes Hadassa

Dr Luiz Fernando

PF Rafael Ranalli

Gabriel Henrique

Itamar Jefferson (PL)

Cristiano Paraqueda

Sebastião Moraes

Daniel

Justino Campos

Rafael "Faré"

Darley Gonçalves

Osmar Rodrigues "Chefinho"

Elenir Pereira

Prof.instrutor Joaquim Neto

Diogo Fernandes

Ade Silva

Sargento Ozeni

Dito Paulo

Paulo Macedo

Luiz BA

Professor Frankes

Paulo da VGDI

Valdemir MM

Weto Salgado

Dr. Daúde

Bob Medina

Wagner Vinícius

Luis Carlos

Carlos Henrique do Correio

Adv Cris

Elenir Pereira

Zé Carlos

Luis Cláudio

Huelton Souza

Rosenil Luiz (Canelinha de pacu) (PL)

Sargento Ozeni

Luiz Poção (PL)

Edilson Odilon (PL)

Paulinho CPA

Germânio Araújo

Chico do Leblon

Delegado Garcia

Renato Anselmo

Cleber Adôrno

Doidinhoducorte

Neno do Pascoal Ramos

Prof. Jorginho



Informe Publicitário