Mauro Mendes promete criar 3 mil vagas em presídios | MUVUCA POPULAR

Sexta-feira, 10 de Abril de 2020

POLÍTICA Sexta-feira, 21 de Fevereiro de 2020, 09h:12 | - A | + A




Sistema Prisional

Mauro Mendes promete criar 3 mil vagas em presídios

Mato Grosso possui déficit no sistema prisional de 5 mil reeducandos


redacaomuvuca@gmail.com

Mauro Mendes (2).jpg

 

O governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM), declarou que irá criar pelo menos mais 3 mil vagas para reeducandos nos presídios estaduais até o final da sua gestão, em 2023. Atualmente, MT possui um déficit no sistema de 5 mil presos.

A garantia foi dada por Mendes na última quinta-feira (20), durante um evento que marcou os 32 anos do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) de Mato Grosso.

De acordo com o chefe do Executivo, a criação de novas vagas nas unidades prisionais faz parte do programa “Tolerância Zero”, que será lançado no próximo mês. O programa prevê uma série de medidas de enfrentamento à criminalidade do Estado e de reforço às ações da Segurança Pública.

“O programa vai se chamar Tolerância Zero porque é assim que nós nos sentimos, já sem tolerância para a criminalidade. E estaremos com a tolerância ainda menor com quem desrespeita a lei e o cidadão de bem desse Estado”, afirmou o governador.

Atualmente, a população carcerária de Mato Grosso está em torno de 12 mil presos, mas a capacidade das unidades prisionais é de 6.669 vagas em 53 estabelecimentos.

Uma das unidades que irá contribuir para a ampliação das vagas é a Penitenciária de Jovens e Adultos em Várzea Grande, com 1008 vagas. A obra está em andamento e a entrega deve ocorrer neste semestre. Somente a reforma na Penitenciária de Mata Grande e a conclusão do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Peixoto de Azevedo devem gerar outras 600 vagas ainda neste ano.

“O Tolerância Zero fará investimentos relevantes nos presídios. Iremos abrir novas alas inclusive de segurança máxima para deter os criminosos de alta periculosidade”, ressaltou.

Mendes lembrou que, em 2019, a Sesp fez uma grande força-tarefa de vistoria na Penitenciária Central do Estado (PCE) e retomou o controle da unidade, cortando regalias e irregularidades.
Conforme o governador, ações como essas impedem o avanço das facções e promovem aumento da segurança e bem-estar social.

“O Tolerância Zero será também um grande programa de infraestrutura na Segurança Pública. Já autorizei a compra de quatro mil pistolas Glock, que são as mais modernas disponíveis. Também vamos adquirir viaturas, motocicletas e outras tecnologias, na medida das possibilidades diante da recuperação financeira, de modo a melhorar a eficiência do Estado na Segurança”, destacou.

O secretário de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, explicou que o programa trata, principalmente, do endurecimento do Estado quanto ao crime organizado, estabelecendo novos padrões de reaparelhamento das Polícias Civil e Militar.

"O programa cumpre uma promessa de campanha do governador e está no plano de governo para esta gestão. Nosso principal objetivo é evitar que o crime organizado se instale de forma permanente no Estado e para isso, diversas medidas estão sendo tomadas. Posso citar a criação de delegacias especializadas, como a Delegacia de Combate à Corrupção, a compra de novas viaturas e armamentos, além da instalação do inquérito digital, que vai melhorar a atuação da Polícia Civil", pontuou Bustamante.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(8) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

PAULO - 21-02-2020 13:07:44

JA MANDA FAZER UM COM TODAS MORDOMIAS ,SUA EQUIPE PROMETE PASSAR FERIAS LONGAS LA ,COM OS DEPUTADOS KKKKK

Responder

0
0


Maycon - 21-02-2020 12:34:25

Tem q dobrar a quantidade de vagabundo por cela, pra ficar bem pior a situação né? governador

Responder

0
0


Erica - 21-02-2020 12:33:29

Mata tudo! Aquilo lá não é hotel e eles insistem em voltar. Que se matem lá dentro, não tem ninguém bonzinho lá.

Responder

1
0


Rubia - 21-02-2020 12:31:45

Eu digo uma cisa, nesses meus 50 anos reparei que nenhum governante se deu a devida atenção à educação. Eles não querem um povo questionador. Essa não deveria ser uma pauta sua governador

Responder

0
0


Jucelia - 21-02-2020 12:30:01

Olha governador, vamos mudar esse seu ponto aí? que tal mudar a politica de inclusão social, mais educação, menos estado, mais saúde, menos impunidade para crimes do colarinho branco, mais investimentos em equipamentos sociais mais escolas e menos cadeias???

Responder

0
0


Marisa - 21-02-2020 12:28:00

Com certeza governador, mas tem muita coisa errada mesmo, a maioria é usuários presos em lei de tráfico, por isso a superlotação. Porque não reeducação ao invés de superlotação! Tem que ver essa situação aí também

Responder

0
1


- 21-02-2020 12:26:09

Tinha que dar um jeito de dimuir não aumentar , brasil sempre anadando pra trás

Responder

0
0


VALTER - 21-02-2020 10:02:30

O EFETIVO DE POLICIAIS DE MATO GROSSO ESTÁ COM AUTO ESTIMA BAIXA, POIS FOI NOS TIRADO A CORREÇÃO DOS REAJUSTES INFLACIONÁRIOS(RGA). HÁ DOIS ANOS NAO RECEBEMOS REAJUSTES !

Responder

0
0


8 comentários

coluna popular
Assessor de Jayme Campos
Não está de olho em reeleição
Intuito é que a população monitore contaminados
Pesquisa foi divulgada pela UFMT
Partido se prepara para eleições

Últimas Notícias
09.04.2020 - 21:54
09.04.2020 - 20:51
09.04.2020 - 20:27
09.04.2020 - 19:18
09.04.2020 - 18:50


Carlos Fávaro (PSD)

Coronel Rúbia (Patriota)

Elizeu Nascimento (DC)

Gisela Simona (Pros)

José Medeiros (Podemos)

Júlio Campos (DEM)

Nilson Leitão (PSDB)

Otaviano Piveta (PDT)

Procurador Mauro (PSOL)

Reinaldo Morais (PSC)

Valdir Barranco (PT)

(Nenhum deles)

Feliciano Azuaga



Informe Publicitário