Mendes esquece os problemas de MT e foca em atacar Emanuel  | MUVUCA POPULAR

Quarta-feira, 15 de Julho de 2020

POLÍTICA Quarta-feira, 03 de Junho de 2020, 17h:26 | - A | + A




Conflito

Mendes esquece os problemas de MT e foca em atacar Emanuel

Estado sofre com pandemia, alimentos vencidos e escândalos no governo


redacaomuvuca@gmail.com

Foto: Montagem

Apesar de todos os problemas que o estado vem enfrentando, o governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM), tem focado sua atenção em criticar a gestão do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB). Enquanto isso, o estado sofre com a pandemia do novo coronavírus e vários escândalos no Governo Estadual.

Alimentos vencidos

Um dos últimos, que foi divulgado com exclusividade pelo Muvuca Popular, foi o desperdício de toneladas de alimentos para merenda escolar, que se encontravam nos depósitos da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci), com data de validade vencida.

Inclusive, o Ministério Público Federal (MPF) abriu inquérito para investigar o caso. Os alimentos foram adquiridos com recursos do governo federal, através do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), ainda na gestão do ex-governador Pedro Taques (PSDB). Contudo, por falta de gestão, não foram distribuídos para as escolas técnicas do Estado.

Segundo a assessoria, a Seciteci está auxiliando o MPF nas investigações das aquisições e assumiu que os produtos, como biscoitos e sucos, foram realizadas bem acima da necessidade no final daquele ano, e parte foi encaminhada para as unidades. Confira nota na íntegra logo abaixo.

Descontrole de casos em Várzea Grande

Outro problema grave que tem preocupado todos os mato-grossenses é o número crescente de vítimas fatais por covid-19 em Várzea Grande, que libera o número de mortes com 15 vítimas. A cidade industrial superou a capital que atinge a marca de 13 óbitos.

O secretário de Comunicação de Várzea Grande, Marcos Lemos, alega que a responsabilidade é do Governo Estadual, que enquanto as pessoas estão morrendo, fica apenas fazendo politicagem e ataques ao prefeito de Cuiabá.

Sexo proibido

Outro assunto que foi destaque nessa semana é a exoneração do presidente do Instituto de Defesa Agropecuária (Indea/MT), Luiz Fernando da Silva Flamínio, que teria sido afastado após ser flagrado fazendo sexo em seu gabinete.

Contudo, o governador preferiu o silêncio e não comentou o escândalo. Oficialmente, a assessoria do órgão garantiu que a saída de Luiz Fernando segue motivação pessoal. Inclusive, no Diário Oficial, a exoneração consta como “a pedido’. Porém, nos corredores do Instituto, os servidores comentam que o ex-presidente foi pego fazendo atos libidinosos em seu local de trabalho.

Inclusive, o ato teria sido registrado pelas câmeras do Indea. O vídeo ainda não foi divulgado, porém, no momento, está sendo mais esperado do que o da reunião ministerial do presidente Bolsonaro (sem partido), que causou burburinho por todo país.

Apesar de todos os casos apontados, o governador preferiu durante as últimas semanas atacar o prefeito Emanuel, provando que prefere fazer politicagem do que cuidar dos problemas urgentes que Mato Grosso enfrenta.

Veja nota do Governo do Estado

Seciteci auxilia investigação de compra de kits lanches realizada em 2018 A Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia (Seciteci) está auxiliando as investigações do Ministério Público Federal (MPF) sobre a compra, em 2018, de kits lanches em excesso e perto da validade para unidades de Escolas Técnicas Estaduais (ETEs).

Os recursos, na ordem de R$ 278,1 mil, foram oriundos do Pronatec. As aquisições dos produtos, biscoitos e sucos foram realizadas bem acima da necessidade no final daquele ano, e parte foi encaminhada para as unidades. No entanto, as aulas foram suspensas e só retornaram em março de 2019, quando os lotes já estavam vencendo.

O gestor da Pasta, Nilton Borgatto, tão logo tomou conhecimento da situação, buscou a empresa fornecedora para negociar a troca dos alimentos. No entanto, não foi atendido, uma vez que o contrato, firmado na gestão anterior, não especificava o formato da entrega, que foi feita toda de uma só vez. A Secretaria reforça estar auxiliando a apuração do órgão de controle, uma vez que as aquisições ocorreram na gestão anterior, ao final de 2018.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

parasita - 03-06-2020 18:23:30

Na secretaria de saúde do estado, os servidores estão dando positivo e os colegas não são dispensados e nem fazendo teste. Só quando estiverem morrendo que o servidor fara teste ou será liberado. Secretário incoerente. Os servidores também estão impedidos de tirarem férias ou licença. Com isso está tendo grande aglomeração, principalmente com as obras de reforma que estão acontecendo na sede da secretaria. Ontem fizeram o teatro da distribuição das ambulâncias no palácio paiaguás, pois a partir do dia 4 de junho não poderão faze-lo por conta do período eleitoral, depois voltaram com elas para o estacionamento da secretaria.

Responder

9
0


Ragu - 03-06-2020 18:12:32

E o coveiro do Paiaguas pegou coronavirus

Responder

8
0


2 comentários

coluna popular
Presidente da ALMT está internado com Covid-19
Covid-19
Pela segunda vez
Estava com 60% do pulmão comprometido
Ranking dos políticos

Últimas Notícias
15.07.2020 - 20:27
15.07.2020 - 19:18
15.07.2020 - 19:03
15.07.2020 - 18:56
15.07.2020 - 18:23




Informe Publicitário