Mendes ‘sai de cima do muro’ e anuncia apoio a candidato ao Senado após convenções  | MUVUCA POPULAR

Quinta-feira, 20 de Fevereiro de 2020

POLÍTICA Sexta-feira, 24 de Janeiro de 2020, 09h:31 | - A | + A




Garante Casa Civil

Mendes ‘sai de cima do muro’ e anuncia apoio a candidato ao Senado após convenções

Informação é do secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho


redacaomuvuca@gmail.com

 Foto: reprodução 

Segundo o secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, o governador Mauro Mendes (DEM) não vai ficar isento na eleição suplementar ao Senado e irá anunciar quem vai apoiar após as convenções partidárias, que serão realizadas entre os dias 10 e 12 de março.

“Eu acho que o interessante é se tivéssemos um candidato único, esse é o trabalho, mas se não for possível, aí vamos ver como o Governo vai atuar nessa eleição. Dependendo do que acontecer, dependendo dos candidatos, dependendo do que for aprovado nas convenções, essa pode ser a decisão que o governador deverá tomar, de ficar neutro. Mas eu acho muito difícil, pela própria postura do governador, que sempre fez os enfrentamentos, é uma pessoa corajosa e de grupo. Então, com certeza o governador, no momento oportuno, deverá dar uma entrevista e colocar seu apoio”, afirmou Carvalho, em entrevista à TV Vila Real.

O governador se encontra em uma “saia justa”, pois três aliados anunciaram que estão dispostos a concorrer a vaga da senadora Selma Arruda (Pode), que teve o mandato cassado.

No final do ano passado, Mendes havia citado “coerência” e disse que, em caso de confirmação da cassação de Selma no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), iria manter seu apoio ao colega de chapa de 2018, Carlos Fávaro (PSD).

Entretanto, confirmada a cassação, Mendes foi pego de surpresa com o anúncio de seu vice-governador, Otaviano Pivetta (PDT), que se lançou pré-candidato.

O governador acumula, ainda, a embaraçosa candidatura de Júlio Campos, um dos principais caciques do Democratas e que já se movimenta pelo Estado em ritmo de pré-campanha, mantendo conversas inclusive com grupos considerados de oposição ao governador, como do prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB).

Mauro Carvalho lamentou a falta de consenso no grupo do governador, mas garantiu que Mauro Mendes (DEM) não tem perfil de quem fica em cima do muro.

"Com a publicação do calendário eleitoral deverão ter algumas reuniões que vão acontecer lideradas pelo DEM, envolvendo todos esses pré-candidatos, para ver se a gente chega em uma conclusão final", concluiu Carvalho.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(4) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Diana - 24-01-2020 15:21:54

Se cobrir com lona, vira circo; se trancar a porta, vira hospício essa política de MT

Responder

1
0


Roberto - 24-01-2020 15:17:36

Aaaffff Parece escolha de amigo secreto da escola

Responder

0
0


Bruno - 24-01-2020 15:16:45

votação no papel é mais confiável.

Responder

0
0


Miranda - 24-01-2020 10:27:59

Saiu do muro ficando em cima do muro

Responder

1
0


4 comentários

coluna popular
Nome do filho é homenagem ao pai
Ex-deputado só fala sobre defuntos
Forças místicas
Incoerência partidária
Cuiabá sim, Várzea Grande não

Últimas Notícias
20.02.2020 - 02:12
19.02.2020 - 18:51
19.02.2020 - 18:13
19.02.2020 - 17:45
19.02.2020 - 17:08




Informe Publicitário