Militante garante que não cometeu fraude denunciada por Movimento do PT | MUVUCA POPULAR

Domingo, 26 de Maio de 2019

POLÍTICA Sexta-feira, 19 de Abril de 2019, 09h:53 | - A | + A




VOTAÇÃO DA UNE

Militante garante que não cometeu fraude denunciada por Movimento do PT

Nomeado no governo do estado negou veemente a acusação


redacaomuvuca@gmail.com

 

O atual Coordenador da Secretaria Estadual de Esportes do Estado, Fabrício Lima da Paz, um dos ex-líderes da Juventude do PT, apontado por estar envolvido em falsidade ideológica durante Congresso da União dos Estudantes (UNE) realizado em Goiânia, em 2011, negou veemente a acusação. (Veja aqui)

Em nota encaminhada ao site ele ressaltou sua total inocência e afirmou que nem participou do encontro na época. Ele também garante que o documento que supostamente revela seu envolvimento é falso, além de lembrar que nos anos seguintes foi eleito dirigente da entidade.

“Não conheço o documento falso que se utilizou de uma fotografia para me colocar como pivô de uma armação cujas raízes não quero nem imaginar de onde surgiram, a meu ver do submundo imundo da difamação, calúnia e desrespeito”, destaca em nota. Fabrício acredita, segundo o texto, que o fato de ser assessor do secretário de Cultura, deputado licenciado, Alan Kardec (PT) incomode alguns setores.

“Fico triste por saber que ocupar espaços e promover transformação social incomoda tanto alguns setores, o que me faz todos os dias refletir sobre meu papel nas lutas sociais que o faço desde 2008”, diz outro trecho da nota.

_________________
Veja Nota na Íntegra

Hoje fui surpreendido com uma notícia divulgada pelo site do MUVUCA que eu estaria envolvido em uma falsidade ideológica no Congresso da UNE de 2011, a época como juventude do PT.

Gostaria de dizer que NÃO PARTICIPEI de qualquer ato de falsificação ou fraude do Congresso da União Nacional dos Estudantes. Também destaco que sequer participei daquele Congresso, tanto é que nunca respondi pelo citado crime e também fui eleito dirigente da entidade no biênio de 2013 a 2015 enquanto Diretor de Memória e Verdade.

Não conheço o documento falso que se utilizou de uma fotografia para me colocar como pivô de uma armação cujas raízes não quero nem imaginar de onde surgiram, a meu ver do submundo imundo da difamação, calúnia e desrespeito.

Fico triste por saber que ocupar espaços e promover a transformação social incomoda tanto alguns setores. Isso me faz todos os dias refletir sobre meu papel nas lutas sociais, que o faço desde 2008.

Acompanho o deputado Allan Kardec desde vereador, sendo seu assessor na Câmara Municipal e depois a Assembleia Legislativa, e tão somente agora fico sabendo desta calúnia feita contra mim sobre o CONUNE de 2011. Aos amigos e companheiros de luta. Afirmo e reafirmo, vocês conhecem minha história e minha luta. Essa notícia NÃO É VERÍDICA.  

 Notícia

O site  preza pela seriedade da notícia e neste caso se pautou na divulgação dos fatos  mencionados em site institucional de uma corrente do próprio Partido dos Trabalhadores (maispt.wordpress.com).

Na apresentação dos fatos descritos nesta notícia, Fabrício é denunciado pelo Movimento de Ação e Identidade Socialista, corrente interna do PT. O grupo denunciou Fabrício alegando que ele teria usado identidade falsa com o nome Franklin Rocha Nascimento durante o processo de votação, para escolha da nova diretoria da entidade naquela ocasião.

“Durante o processo de votação para escolha da nova diretoria da entidade, encontramos uma identidade falsa em nome de Franklin Rocha Nascimento, sabendo que o portador dessa identidade era Fabrício Paz (Links para os perfis nas redes sociais @fabriciopaz no Twitter, Fabricio Paz no Facebook), militante da Juventude da CNB. Franklin era delegado pela Universidade Estácio de Sá, RJ”, destaca texto.

Veja as fotos do documento falso publicadas pela entidade





 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

carlos - 20-04-2019 09:11:35

Não me convenceu, a matéria e a foto é 'batom na cueca'

Responder

2
0


1 comentários