MPF denuncia ex-prefeito e mais 23 pessoas por desvio de dinheiro em Confresa  | MUVUCA POPULAR

Terça-feira, 31 de Março de 2020

POLÍTICA Segunda-feira, 01 de Abril de 2019, 14h:50 | - A | + A




Veja a lista

MPF denuncia ex-prefeito e mais 23 pessoas por desvio de dinheiro em Confresa

(redacaomuvucapopular@gmail.com)
Redação

Nesta segunda-feira (1), o Ministério Público Federal (MPF) de Barra do Garças-MT, denunciou o ex-prefeito de Confresa, Gaspar Domingos Lazari, e mais 23 pessoas por fraudes nos processos licitatórios referentes às áreas de saúde, educação e infraestrutura rural do município.

Além do ex-prefeito, a a ex-secretária de Educação do município, Agenora Moraes da Silva, o ex-secretário de Administração, Domingos Dias Pinto, a ex-secretária de Finanças, Eliete Juliana Lazzari, foram acusados.

A apresentação das denúncias faz parte da 1ª Fase da Operação Tapiraguaia, desencadeada no dia 30 de janeiro pela Polícia Federal, em conjunto com o MPF em Barra do Garças e com a Controladoria Geral da União, com o objetivo de investigar esquema de desvio de recursos públicos federais.

De acordo com as denúncias apresentadas, os acusados frustraram o caráter competitivo de processos licitatórios para construção de escolas; para aquisição de material permanente, móveis e eletrodomésticos para a Secretaria Municipal de Saúde; para aquisição de tablets para o E-Sus; para contratação de serviços gráficos para a Saúde; para construção de uma UPA e uma Unidade Básica de Saúde e, também para a compra de gêneros alimentícios para abastecer 13 escolas de Confresa durante os anos de 2015 e 2016.

Além disso, fraudaram uma carta convite entregando uma mercadoria pela outra, com qualidade e valores substancialmente inferiores. Consta das denúncias, fatos levantados durante a investigação que demonstram evidências de que os documentos que compõem o processo licitatório, como editais, atas de concorrência pública, entre outros, já haviam sido previamente confeccionados, com o objetivo de direcionar o resultado do certame.

Para se ter uma ideia de como as fraudes eram realizadas, em um dos casos, na concorrência pública nº 01/2014, que tinha como objetivo executar as obras de construção da Escola Babinski, no valor de R$ 3.493.798,10, repassados pelos Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), os denunciados José Carneiro da Silva (presidente da comissão de licitação), Gaspar Domingos Lazari (então prefeito – período de 2013 a 2016), Almir Romualdo da Silva (empresário), Iranizo Matos Rodrigues e Domingos Dias Pinto (membros da comissão de licitação) e, por fim, Agenora Moraes da Silva (secretária de Educação à época), em conluio, montaram o procedimento licitatório, bem como inseriram cláusulas restritivas no bojo do respectivo procedimento licitatório, frustrando assim o caráter competitivo.

De acordo com a denúncia feita pelo MPF/MT, os documentos comprovam que, em apenas um mês, a comissão de licitação realizou todo um processo licitatório no valor de R$ 3.493.798,10.

“Tal circunstância temporal aliada à complexidade do certame, à necessidade de seguir a risca todos os procedimentos legais e aos atos padrões lançados no bojo do procedimento administrativo – que não analisaram o caso concreto de forma efetiva, indica que o processo licitatório foi efetivamente montado e direcionado”, consta da denúncia.

“Além das circunstâncias particularmente demonstradas em cada caso, também é evidencia do intuito de todos os denunciados em perpetrar a fraude licitatória em conjunto, e com o fim de obter vantagem indevida, as gravíssimas e diversas irregularidades que foram constatadas pela Controladoria Geral da União (CGU), ocasião em que ficou caracterizado vultuoso prejuízo ao erário federal em decorrência de inúmeras fraudes, cometidas, sobretudo, a partir do pagamento de serviços não executados e adiantamento de valores às empresas contratadas”, ressalta a denúncia.

Confira a lista dos denunciados:

José Carneiro da Silva – pregoeiro;

Gaspar Domingos Lazari – ex-prefeito;

Almir Romualdo da Silva – empresário;

Iranizo Matos Rodrigues – membro da comissão da licitação;

Agenora Moraes da Silva – ex-secretária de Educação;

Domingos Dias Pinto – ex-secretário de Administração;

Genival Marques da Cruz – empresário;

Edivanda Vieria Lang – empresária;

Vera Lúcia Cruz – empresária;

Vilmar de Oliveira – empresária;

Ariovaldo Luiz Perondi – assessor jurídico;

João Cleiton de Araújo Medeiros – assessor jurídico;

José Roberto de Oliveira Costa – assessor jurídico;

Marcos Antônio Dias Machado – empresário;

Eliete Juliana Lazzari – ex-secretária de Finanças;

Charles Cristiano Honório de Oliveira – empresário;

Diego Honório de Oliveira – empresário;

Ronievon Miranda da Silva – empresário;

Divino Eduardo Duarte Rodrigues – empresário;

Regina Maria Pascualote Santos – empresária;

Maicon Martines Lucero – empresário;

Leonora Martines Lucero – empresária;

Edimar Ferreira dos Santos – empresário;

Roque Pereira da Costa – empresário.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Evandro Dias - 24-08-2019 15:46:39

Desde quando assumiu o seu mandato de Federal em Brasilia o Valtenir Pereira vem executando coisa erradas com relação as sua emendas e as de fundo perdido na Defesa Civil, com vário Prefeito Municipais do Interior de MT. São muito milhões que foram desviados nesses 12 anos do seu mandato. Demorou muito a Policia Federal e o MPF pegar esse malandro-velho.Infelizmente...

Responder

0
0


Valinda - 02-04-2019 10:07:40

Não basta a policia ter que cuidar dos ladrão sem diploma tem que cuidar dos com diploma também eita mundão veio

Responder

0
0


2 comentários

coluna popular
Município ainda não teve nenhum caso confirmado
Parceria com o IFMT
Distribuição cestas básicas
Disse que Covid-19 é transmitido por pernilongo
"Muito bem e com muita energia", diz prefeito

Últimas Notícias
31.03.2020 - 15:26
31.03.2020 - 14:36
31.03.2020 - 13:31
31.03.2020 - 12:20
31.03.2020 - 11:13


Carlos Fávaro (PSD)

Coronel Rúbia (Patriota)

Elizeu Nascimento (DC)

Gisela Simona (Pros)

José Medeiros (Podemos)

Júlio Campos (DEM)

Nilson Leitão (PSDB)

Otaviano Piveta (PDT)

Procurador Mauro (PSOL)

Reinaldo Morais (PSC)

Valdir Barranco (PT)

(Nenhum deles)

Feliciano Azuaga



Informe Publicitário