"Não podemos fazer dessa crise um agravo político", dispara Mendes  | MUVUCA POPULAR

Sábado, 30 de Maio de 2020

POLÍTICA Quarta-feira, 01 de Abril de 2020, 14h:30 | - A | + A




Postura de Bolsonaro

"Não podemos fazer dessa crise um agravo político", dispara Mendes

Governador critica a postura do presidente


redacaomuvuca@gmail.com

Foto: Reprodução

O governador Mauro Mendes (DEM) criticou postura do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) durante debate com os governadores Renato Casagrande (ES) e Eduardo Leite (RS), mediado pelo jornalista Josias de Souza, nesta quarta-feira (1º). Segundo o gestor, "não podemos fazer dessa grande crise, um entravo político no país".

Mendes e os outros dois governadores debateram a respeito das medidas de combate ao Covi-19 e também a postura do líder do país, Jair Bolsonaro, e as consequências dos últimos episódios. "Temos uma combinação explosiva com o atual cenário mundial, crise na saúde, na economia e não podemos tornar também na Política" . 
Para Mauro, o pronunciamento de Bolsonaro em rede nacional na última terça-feira (31) foi o mais sensato dos últimos dias. "Ele é o nosso líder, queremos segui-lo, desde que faça medidas coerentes ao combate ao Covid-19". 
De acordo com o governador, é momento de deixar as divergências políticas de lado e fazer o enfrentamento ao vírus para salvar vidas. 
Repasses 
Até o momento Mato Grosso recebeu um aporte do Governo Federal de R$ 6 milhões para o combate ao Covid-19. "Não é suficiente para os 141 municípios, além disso nós já estamos projetando para os próximos meses cerca de R$ 150 milhões para a saúde no Estado". 
Mendes finaliza dizendo que é preciso ter bom senso antes de decretar o isolamento social e fechamento do comércio no Estado. Para o gestor, cada cidade deve avaliar o cenário do Covid-19 para aplicar as medidas.

"Não pode parar a cidade com um caso confirmado, se parou assim quando tiver 50 vai continuar fechado, 100 ou mil casos continuará com as atividades comerciais paradas e tem muita gente que vai quebrar sem abrir as portas por um mês ou mais", finalizou. 

 
VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Carlos Nunes - 01-04-2020 15:46:21

Ih! Política é o que menos interessa agora...Parece que a solução, a cura, pro Coronavírus já tem uma luz no fim do tunel...é a Cloroquina, que tem curado os pulmões das pessoas. BOLSONARO determinou que haja, pelos Laboratórios das Forças Armadas (Exército, Marinha, Aeronáutica), produção em massa de Cloroquina, e álcool gel. Tão fabricando 1 Milhão de comprimidos por mês, duzentos e cinquenta mil por semana, com possibilidade de aumentar essa produção. O que interessa pro Brasil é a solução...A CURA. O resto é conversa fiada, politicalha...Se BOLSONARO conseguir essa produção em massa do remédio... vai salvar a Nação. Ao lado disso, tem que colocar a Nação pra trabalhar...voltar a produzir, não pode parar a Nação.

Responder

5
1


1 comentários

coluna popular
Ação com o prefeito de Cuiabá
Luto na comunicação
Volta às atividades
Tri
Violência doméstica

Últimas Notícias
29.05.2020 - 22:56
29.05.2020 - 21:59
29.05.2020 - 21:29
29.05.2020 - 21:25
29.05.2020 - 21:21




Informe Publicitário