Nelson Barbudo esclarece que não utiliza cotas parlamentares para fins pessoais | MUVUCA POPULAR

Sexta-feira, 10 de Abril de 2020

POLÍTICA Terça-feira, 28 de Janeiro de 2020, 09h:48 | - A | + A




Direito de Resposta

Nelson Barbudo esclarece que não utiliza cotas parlamentares para fins pessoais

Em nota, parlamentar afirma que o aumento do seu patrimônio é fruto do seu salário


redacaomuvuca@gmail.com

 

Em dezembro de 2019, o emanuelzinho noticiou que o deputado federal Nelson Barbudo (PSL) teria arrendado uma fazenda de 3 mil hectares com o seu salário e outros benefícios da Câmara. No entanto, a assessoria jurídica esclareceu a situação, afirmando que o parlamentar é microprodutor e que o seu patrimônio não foi construído com verba parlamentar.

Leia mais: Com dinheiro do povo, Barbudo arrenda fazenda de 3 mil hectares

“Convém informar que o Sr. Nelson é uma pessoa muito simples, de origem pobre, e, antes de conseguir ser eleito como deputado federal em 2018, era microprodutor rural, não dependendo assim, de uma razoável verba para constituição de seu patrimônio”, afirmou.

Em nota, a assessoria afirmou ainda que o salário de Barbudo é responsável pela aquisição de novos bens, o que incluí ainda o arrendamento da fazenda, e que as cotas parlamentares são utilizadas apenas para fins políticos, e não pessoais.

“O salário do Sr. Nelson Barbudo é capaz de ter elevado seu patrimônio, o que devidamente o faz, posto ser um direito seu, já que é fruto de seu trabalho árduo como parlamentar, não se utilizando de valores de uso exclusivo para desenvolvimento de sua atividade política para tal fim, posto se tratar de uma pessoa honesta, de caráter ilibada e íntegra”, declarou.

Confira abaixo nota enviada pela assessoria jurídica do parlamentar: 

O Deputado Federal Nelson Ned Previdente (Nelson Barbudo), do PSL, foi o deputado federal mais votado do Estado de Mato Grosso nas eleições de 2018, com um total de 126.249 (cento e vinte e seis mil duzentos e quarenta e nove) votos. Tal fato ocorreu, resumidamente, em decorrência de seu posicionamento firme e acalorado contra a corrupção e com a revolta ao então cenário político à época.

O portal alegou que a aquisição de sua fazenda se deu através de cotas parlamentares e outros benefícios, o que não é o caso do deputado. 

Inicialmente, convém informar que o Sr. Nelson é uma pessoa muito simples, de origem pobre, e, antes de conseguir ser eleito como Deputado Federal em 2018, era microprodutor rural, não despendendo assim, de uma razoável verba para constituição de seu patrimônio.

Não é fato desconhecido que todo deputado federal possui verbas e cotas destinadas exclusivamente para o cumprimento do exercício parlamentar. 

O site da Câmara possui portal de transparência dos deputados. Nele é possível verificar todos os valores gastos e a destinação de cada um.

Conforme pode ser observado no site da câmara, verificamos que o parlamentar, no ano de 2019, utilizou apenas 39,02% de sua cota parlamentar que tem direito. Já a respeito da verba de gabinete, sobrou quase 13% do que tem disponível.

O salário bruto de um deputado federal no ano de 2019 era de R$ 33.763,00 (trinta e três mil setecentos e sessenta e três reais) mensais.

O deputado faz por merecer seu salário que é pago através dos impostos arrecadados pelo povo brasileiro. Sua atuação no plenário e comissões é muito ativa, teve mais de 100 (cem) propostas legislativas de sua autoria isso apenas em 2019, faz parte de mais de 50 frentes parlamentares, sempre se posicionando e lutando pelos direitos do cidadão de bem.

Espantamo-nos com a notícia de que o deputado federal Nelson Ned teria utilizado de verbas que são exclusivas para o uso profissional, para aumento de seu patrimônio.

O salário do Sr. Nelson Barbudo é capaz de ter elevado seu patrimônio, o que devidamente o faz, posto ser um direito seu, já que é fruto de seu trabalho árduo como parlamentar, não se utilizando de valores de uso exclusivo para desenvolvimento de sua atividade política para tal fim, posto se tratar de uma pessoa honesta, de caráter ilibada e íntegra.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(9) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Gabigol - 28-01-2020 14:56:24

( O salário bruto de um deputado federal no ano de 2019 era de R$ 33.763,00 (trinta e três mil setecentos e sessenta e três reais) mensais. ) É muito dinheiro para um homem só não fazer nada em prol da população do MT.. DEPUTADO TINHA QUE GANHAR UM SALÁRIO QUE GANHA UM PROFESSOR DA REDE ESTADUAL DE ENSINO CONTENDO TODOS OS DESCONTOS QUE TEMOS.

Responder

0
0


Felipe Ricardo - 28-01-2020 12:30:48

É o aumento das laranjas?

Responder

1
0


Ricardo - 28-01-2020 12:29:31

Muito bom e muito didático! Realmente o planejamento financeiro faz toda diferença assim não precisa pegar dinheiro escondido

Responder

0
0


Roberto - 28-01-2020 12:27:15

Ufa! Que bom que você diz isso, pois se não conseguir fazer algo com esse super salário não consegue nunca mas, aproveita que outra eleição não ganha

Responder

1
0


Alezandre - 28-01-2020 12:24:32

E só aumentou o patrimônio agora depois que virou político??? Estranho não? trabalho tanto e anda não consegui aumentar os meus

Responder

1
0


Samuel - 28-01-2020 12:21:29

Não esperava outra atitude do senhor. Se isso realmente for verdade

Responder

0
0


Marcos - 28-01-2020 12:09:52

Eu tive a oportunidade e grande satisfação de conhecer o Nelson em uma pescaria, confio em seu trabalho continue firme e forte fiel as suas raízes e no que diz

Responder

0
1


Liane - 28-01-2020 12:07:29

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk ganhou como?

Responder

1
0


k. - 28-01-2020 10:56:40

Bom, agora eu te pergunto... O pobretão ficou chateado pq o site falou que ele enriqueceu com o dinheiro do povo? Oras, quem paga o salário de Barbudo? A gente. Milindroso o parlamentar. Enriqueceu com dinheiro do povo, sim. Cotas parlamentares é uma mamata sem fim.

Responder

2
0


9 comentários

coluna popular
Assessor de Jayme Campos
Não está de olho em reeleição
Intuito é que a população monitore contaminados
Pesquisa foi divulgada pela UFMT
Partido se prepara para eleições

Últimas Notícias
09.04.2020 - 21:54
09.04.2020 - 20:51
09.04.2020 - 20:27
09.04.2020 - 19:18
09.04.2020 - 18:50


Carlos Fávaro (PSD)

Coronel Rúbia (Patriota)

Elizeu Nascimento (DC)

Gisela Simona (Pros)

José Medeiros (Podemos)

Júlio Campos (DEM)

Nilson Leitão (PSDB)

Otaviano Piveta (PDT)

Procurador Mauro (PSOL)

Reinaldo Morais (PSC)

Valdir Barranco (PT)

(Nenhum deles)

Feliciano Azuaga



Informe Publicitário