Oposição vence e governo é obrigado garantir Bolsa Família e Minha Casa Minha Vida | MUVUCA POPULAR

Terça-feira, 31 de Março de 2020

POLÍTICA Quarta-feira, 12 de Junho de 2019, 06h:05 | - A | + A




PL 04/2019

Oposição vence e governo é obrigado garantir Bolsa Família e Minha Casa Minha Vida

Projetos sociais do governo Lula/Dilma foram garantidos por Bolsonaro após pressão


Muvuca Popular / Sucursal Brasília

 

O Congresso Nacional teve um dia atípico nesta terça-feira (03/06/2019). Um acordo celebrado entre o governo e a oposição permitiu um raro momento de entendimento político no Congresso, para aprovação do Projeto de Lei 04/2019, que prevê crédito suplementar no valor de R$ 248,9 bi ao governo Bolsonaro.

A oposição conseguiu impor suas pautas, e não recuou do compromisso com o povo, só aceitando aprovar o crédito para o governo se ele mantivesse as conquistas sociais conseguidas no governo Lula/Dilma, já que intenção de Bolsonaro fazer cortes drásticos nesse setor.

Através de emendas aditivas a oposição negociou a inserção de recursos para os programas Minha Casa Minha Vida, Bolsa Família, recursos para pesquisas (CNPQ), plano safra e Pronaf, todas ações voltadas para a população mais fragilizada da sociedade.

Bolsonaro chegou a chantagear a bancada, dizendo que sem a aprovação do crédito, não pagaria benefícios a idosos e pessoas com deficiência já no próximo dia 25.

No último dia 4, o governo tentou votar o texto na comissão para levá-lo ao plenário na sessão do Congresso Nacional daquele dia. A oposição, no entanto, bloqueou a votação, adiando a apreciação do PLN 4 tanto na CMO quanto na sessão que reuniu deputados e senadores em plenário ontem.

O projeto que pede o dinheiro adicional foi enviado ao Congresso em março. A desarticulação política do governo, porém, dificultou a solução do problema, e o presidente ficou acuado, tendo que ceder para a oposição, que reivindicou a garantia dos benefícios sociais para a população brasileira, e somente após isso fechou questão em torno do projeto.

Entenda

O Projeto de Lei (PLN) 04/19 autoriza a abertura de crédito suplementar de R$ 248,9 bilhões para cobrir despesas correntes com dinheiro obtido por meio da emissão de títulos (operações de crédito). 450 deputados e 61 senadores votaram na sessão.

O texto é um substitutivo do deputado Hildo Rocha (MDB-MA), que aumentou em R$ 80 milhões o repasse ao Programa Nacional de Fortalecimento a Agricultura Familiar (Pronaf) por meio do cancelamento de igual montante em subvenções.

De acordo com a Constituição, esse tipo de projeto precisa da maioria absoluta de votos em ambas as Casas, pois significa uma exceção à chamada "regra de ouro".

Essa regra determina que o governo não pode fazer mais dívidas para pagar despesas cotidianas, como salários ou programas contínuos. De maneira simplificada, o que foi autorizado é como se o governo ganhasse o direito de pegar dinheiro para pagar o aluguel, por exemplo.

Além de garantir o pagamento de benefícios sociais, a oposição conseguiu destravar parte do contingenciamento de despesas determinado por Bolsonaro em março e que alcançou quase R$ 35 bilhões, sendo que o setor mais afetado foi a educação.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(4) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Zé - 12-06-2019 10:27:02

Muvuca, troque de fornecedor. Esse só te vende estragada e misturada com bostas de jumentos.

Responder

2
2


alexandre - 12-06-2019 09:50:13

Mentira, ele nunca falou em cortar bolsa família, pelo contrário vc ele combateu a fraude no programa e deu o 13 no bolsa família, a esquerda que queria dar o calote obstruindo o BPC dos velhinho e deficientes, pra bancar passeio ao exterior de universitários de esquerda..

Responder

5
5


alexandre - 12-06-2019 09:48:40

Mentira, ele nunca falou em cortar bolsa família, pelo contrário vc ele combateu a fraude no programa e deu o 13 no bolsa família, a esquerda que queria dar o calote obstruindo o BPC dos velhinho e deficientes, pra bancar passeio ao exterior de universitários de esquerda..

Responder

5
5


Dom Quixote de La Mancha - 12-06-2019 07:38:42

Parabéns aos deputados de oposição.

Responder

4
5


4 comentários

coluna popular
Jovem disse que iria passar Covid-19 para PM
Município ainda não teve nenhum caso confirmado
Parceria com o IFMT
Distribuição cestas básicas
Disse que Covid-19 é transmitido por pernilongo

Últimas Notícias
31.03.2020 - 15:55
31.03.2020 - 15:26
31.03.2020 - 14:36
31.03.2020 - 13:31
31.03.2020 - 12:20


Carlos Fávaro (PSD)

Coronel Rúbia (Patriota)

Elizeu Nascimento (DC)

Gisela Simona (Pros)

José Medeiros (Podemos)

Júlio Campos (DEM)

Nilson Leitão (PSDB)

Otaviano Piveta (PDT)

Procurador Mauro (PSOL)

Reinaldo Morais (PSC)

Valdir Barranco (PT)

(Nenhum deles)

Feliciano Azuaga



Informe Publicitário