Pecuaristas de Mato Grosso são multados após série de infrações ambientais  | MUVUCA POPULAR

Domingo, 15 de Dezembro de 2019

POLÍTICA Terça-feira, 12 de Novembro de 2019, 17h:09 | - A | + A




Crime Ambiental

Pecuaristas de Mato Grosso são multados após série de infrações ambientais

Queimadas ilegais, desmatamento e derramamento de líquidos poluidores entraram para lista


redacaomuvuca@gmail.com

Foto: Reprodução

Conforme diversas decisões publicadas no Diário Oficial do Estado (DOE), nesta terça-feira (12) o Conselho Estadual do Meio Ambiente de Mato Grosso (Consema-MT), aplicou uma série de multas em grandes nomes do Agronegócio no Estado.

Entre elas, consta o nome do ex-presidente da Associação dos Produtores de Sementes de Mato Grosso (Aprosmat), Carlos Ernesto Augustin, que foi multado em cerca de cinco milhões de reais, por fazer uso de fogo em 5.000,00 hectares de área agropastoril sem autorização do órgão ambiental competente.

Além dele, o empresário Ageu Borges Fiuza, e o fazendeiro Alcides Domingos Baptista, foram multados por crimes semelhantes, como desmatar 89,4993 hectares em área de reserva legal e exercer atividades potencialmente poluidoras em sua propriedade, respectivamente.

Em denúncia ao emanuelzinho, um leitor criticou o fato do Conselho aplicar multas potencialmente acessíveis aos grandes empresários, sem adotar uma medida que seja realmente eficaz para que os pecuaristas deixem de praticar tais atos.

“É sempre assim, quem tem advogado não acontece nada, eles pagam uma taxa e continuam desmatando, agora o pequeno produtor que não possui as mesmas condições ficam à mercê do juízo de valor das autoridades administrativas”, escreveu.

Multas

De acordo com dados divulgados pela secretária de Estado de Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti, nos meses de agosto e setembro, Mato Grosso teria aplicado cerca de R$ 146 milhões em multas por crimes ambientais.  

Mauren ainda relatou que apenas no primeiro semestre de 2019, a Sema já aplicou 561 autos de infração, o que corresponde a 74% de todos os autos lavrados em 2018.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Denilza - 13-11-2019 09:11:37

ISSO TUDO QUE TÁ ACONTECENDO, É O REFLEXO DESSE PROJETO APROVADOS PELOS DEPUTADOS QUE AUMENTA O LIMITE PARA DESMATAR SEM REFLORESTAR, É RETROCESSO.

Responder

1
0


1 comentários

coluna popular
Desvio na Gaeco
Blairo Maggi e Silval Barbosa
121 instituições foram contempladas
Parte será destinado à creche Irmã Hylda
Apostou a favor de Selma

Últimas Notícias
15.12.2019 - 16:13
15.12.2019 - 11:52
15.12.2019 - 09:46
15.12.2019 - 09:35
15.12.2019 - 07:51




Informe Publicitário