Prefeito avalia que Mendes jogou a culpa nele para esconder incompetência  | MUVUCA POPULAR

Quarta-feira, 21 de Abril de 2021

POLÍTICA Quinta-feira, 08 de Abril de 2021, 18h:01 | - A | + A




Guerra das vacinas

Prefeito avalia que Mendes jogou a culpa nele para esconder incompetência

Governador afirmou que prefeitura não disponibilizou vacinas para profissionais da segurança


redacaomuvuca@gmail.com

 

O prefeito da Capital de Mato Grosso, Emanuel Pinheiro (MDB), realizou uma live na tarde desta quinta-feira (8) ao lado da coordenadora do Programa Vacina Cuiabá, Valéria Oliveira, para esclarecer as acusações do governador Mauro Mendes (DEM) de que a vacinação contra a Covid-19 dos profissionais da Segurança Pública foi suspensa porque o Executivo Municipal não teria entregado as doses do imunizante.

Contudo, conforme informou Pinheiro, quem não repassou as doses foi o Governo Estadual, que teria feito as acusações para tentar esconder a incompetência e desumanização do Executivo Estadual.

“Venho para esclarecer uma calúnia, injúria e mentira que querem jogar para cima do prefeito Emanuel Pinheiro para esconder a incompetência, a desumanização e insensibilidade do Governo do Estado até para vacinar um contingente pequeno de profissionais da Força de Segurança do Estado”, afirmou o prefeito na live.

De acordo com a coordenadora do programa Vacina Cuiabá, Valéria Oliveira, o Governo Estadual ficou de passar as doses para serem administradas nos profissionais, mas acabou não acontecendo, sendo que Várzea Grande também não recebeu o imunizante.

“O estado ele não pode entregar a vacina para uma entidade, ele tem que entregar para um município e a quantidade correta referente a esses policiais da Força de Segurança para que o município repasse para quem irá fazer a vacina, que no caso seriam eles mesmo. Mas eles não entregaram a vacina”, afirmou Valéria.

“Eles anunciam que estão vacinando a Força de Segurança do Estado inteiro, mas não estão. Eles não mandaram a vacina para Várzea Grande também e não estão vacinando a Força de Segurança e não está acontecendo na maioria esmagadora dos municípios”, acrescentou em sequencia o prefeito.

A vacinação contra a Covid-19 dos profissionais da Segurança Pública, que teria início às 9 horas desta quinta-feira (08.04), no Senai em Cuiabá, foi suspensa, mas deverá ocorrer na sexta-feira (9), a partir das 9 horas, no Senai, na Avenida XV de Novembro.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Lucas Ferraz - 10-04-2021 09:10:33

O Emanuel do Paletó está com palhaçada igual o Bozonaro, que um dia fala uma coisa e no outro já muda a conversa, pois foi a própria Prefeitura que agendou pelo Sistema dela a Vacinação para o Dia 08/04/2021 e teria que retirar as doses na SES a serem aplicadas nas Forças de Segurança, mas como dia 08 era Feriado em Cuiabá o Prefeito Emanuel do Paletó, não quis trabalhar e não foi buscar as vacinas, sendo que a própria Prefeitura causou o tumulto e a confusão pois marcou a vacinação para o Feriado do dia 08/04/2021, pois se não tinha a vacina em mãos, porque marcou a data da vacinação?.

Responder

0
0


Junior - 08-04-2021 20:21:01

Infelizmente nessa Briga de EP e MM muitos morrerão e pagarão o pato, Parabéns Cuiabanos nós somos Culpados por colocar estes dois artistas no comando, esse e o Presente que os Cuiabanos ganham no Aniversário de Cuiabá, briga de marmanjos.

Responder

0
0


2 comentários

coluna popular
“Bronca” de Bezerra
Tratamento contra Covid-19
Imunização contra Covid
Em isolamento
‘Fofoca’

Últimas Notícias
21.04.2021 - 09:16
21.04.2021 - 09:07
21.04.2021 - 08:24
21.04.2021 - 08:15
20.04.2021 - 23:13




Informe Publicitário