Prefeito cita falta de escrúpulos da classe política durante pandemia | MUVUCA POPULAR

Quarta-feira, 15 de Julho de 2020

POLÍTICA Segunda-feira, 29 de Junho de 2020, 10h:00 | - A | + A




Crítica

Prefeito cita falta de escrúpulos da classe política durante pandemia

Pinheiro pede união de gestores


redacaomuvuca@gmail.com

Emanuel Pinheiro.jpeg

Foto: Assessoria/Reprodução.

Em entrevista à rádio Metrópole, nesta segunda-feira (29), o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), afirmou que é difícil lidar com a falta de escrúpulos da classe política. Sem mencionar nomes, o gestor teceu críticas à adversários políticos e reafirmou não estar preocupado com reeleição.

“O mais difícil neste momento, na experiência de gestor e de estar enfrentando há 90 dias uma pandemia, é a falta de escrúpulos de alguns setores. Não digo da sociedade, mas principalmente da classe política, que sem nenhuma compaixão e preocupação com a população, todos ávidos pelo poder, agem de forma leviana, irresponsável, disseminando fake news, tentando jogar a população contra o gestor pensando única e exclusivamente no período eleitoral”

Pinheiro foi alvo de um embate público com o governador Mauro Mendes (DEM), com diversas críticas públicas de ambos os lados. Mendes chegou a acusar Pinheiro de falsificar o balanço de sua gestão de 2019, enquanto o prefeito acusou o governador de querer polemizar em cima das críticas. Após uma escalada nos casos de Covid, os gestores se reuniram virtualmente no dia 15 de julho, para discutir medidas conjuntas de enfrentamento.

Desde o começo da pandemia, Pinheiro têm reafirmado seu compromisso com a população cuiabana, afirmando que não está preocupado com reeleição e evitado assuntos políticos. De acordo com o chefe municipal, é necessário deixar as eleições de lado.

“Eu sempre disse que eu não falo sobre eleições, que o meu adversário esse ano está escolhido, é a Covid-19, é enfrentar e derrotar o novo coronavírus. Essa é a grande eleição que eu quero vencer. Quando eu vejo essa falta de escrúpulos, de caráter, classe política, eu fico indignado. É hora de união, deixa a política e as eleições de lado. Estamos todos, literalmente, no mesmo barco”, ressaltou.

Atualmente, Cuiabá passa por uma quarentena obrigatória, com medidas mais restritivas e o comércio não-essencial fechado durantes 15 dias. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), a capital possui 3.570 casos de coronavírus e 159 óbitos.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários

coluna popular
Presidente da ALMT está internado com Covid-19
Covid-19
Pela segunda vez
Estava com 60% do pulmão comprometido
Ranking dos políticos

Últimas Notícias
15.07.2020 - 19:18
15.07.2020 - 19:03
15.07.2020 - 18:56
15.07.2020 - 18:23
15.07.2020 - 17:35




Informe Publicitário