Prefeito de Cuiabá avalia decreto para definir novas medidas de flexibilização  | MUVUCA POPULAR

Terça-feira, 22 de Setembro de 2020

POLÍTICA Domingo, 02 de Agosto de 2020, 14h:13 | - A | + A




Restrição de horário

Prefeito de Cuiabá avalia decreto para definir novas medidas de flexibilização

Decreto liberou comércio e serviços e impôs novos horários de funcionamento


redacaomuvuca@gmail.com

Emanuel Pinheiro (3).jpeg

 

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), avalia nesta segunda-feira (3) o decreto que liberou o comércio e serviços em Cuiabá e impôs novos horários de funcionamento para cada segmento.

O decreto foi assinado em 27 de julho e seria revisado a cada 7 dias pelo prefeito em reunião com o Comitê de Enfrentamento ao novo coronavírus em Cuiabá. A medida foi tomada depois do decreto do governador Mauro Mendes (DEM) autorizando o funcionamento das atividades.

O chefe do Executivo Municipal definiu que o comércio de rua poderá funcionar das 9h às 17h. Shoppings das 11h às 21h (somente de segunda a sábado, não podem funcionar aos domingos e feriados), conveniência de postos das 12h às 21h (de segunda a sábado), academias das 6h às 12h, depois das 16h às 21h (de segunda a sábado), bares e restaurantes das 11h às 21h (de segunda a sábado) e salões de beleza das 10h às 20h (de segunda a sábado).

O funcionamento do Shopping Popular será das 9h às 17h (de segunda a sábado); prestação de serviço em geral deve funcionar das 8h às 16h.

O consumo de bebidas está proibido em distribuidoras e conveniências de Cuiabá. Já os deliverys podem funcionar até meia-noite. As atividades econômicas de lanchonetes, padarias, açougues, sorveterias, cafeterias e congêneres, funcionarão segunda a domingo das 06h30 às 19h.

As indústrias podem funcionar sem qualquer restrição de horário. Os cinemas, piscinas coletivas e campos de futebol devem permanecer fechados para evitar aglomeração. Conforme o prefeito, a frota de ônibus atua com 100% da capacidade. O toque de recolher passa a ser das 22h às 5h da manhã.

Nesta semana, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que os prefeitos possuem a competência para impor medidas de isolamento e de flexibilização das atividades comerciais. Deixando para os governos somente a parte de orientar sobre o avanço da doença em cada região do estado.

Na sexta-feira (31), o prefeito disse que fará a primeira avaliação do decreto e para decidir como será o funcionamento nos próximos 7 dias e se há necessidade de novas medidas de restrições ou mesmo a flexibilização dos horários.

Ao anunciar as medidas de flexibilização da quarentena, o prefeito reconheceu que os horários não são os melhores para o funcionamento de cada setor, mas lembrou que as restrições são importantes para que não haja aglomeração na cidade.

A venda no comércio de rua e nos shopping vai aumentar nesta semana por conta do Dia dos Pais, que será comemorado no próximo domingo (9). Festas em família estão proibidas em Mato Grosso, mas há exemplo do que aconteceu no Dias das Mães deverá haver um aumento na circulação de pessoas pela cidade.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários

coluna popular
Marketing
Eleições municipais
Senado
Coronavírus
Secretários querem preservar cargos

Últimas Notícias
22.09.2020 - 15:51
22.09.2020 - 15:51
22.09.2020 - 15:26
22.09.2020 - 15:02
22.09.2020 - 14:53


Muvuca (PL)

Adevair Cabral (PTB)

Chico 2000 (PL)

Misael Galvão (PTB)

Ricardo Lobo (PL)

Aladir (PL)

Sargento Joelson (SD)

Juca do Guaraná (MDB)

Luluca Ribeiro (MDB)

Macrean

Ralf Leite (MDB)

Renivaldo Nascimento

Toninho de Souza

Edna Sampaio (PT)

Robson Cireia (PT)

Ricardo Saad

Oseas Machado (MDB)

Rogério Varanda

Alex Ribeiro (PP)

Maurélio (PSDB)

Dudu Santos

Marcelo Bussiki

Vinícyus Clovito

Diego Guimarães

Mário Nadaf

Marcos Veloso

Gisele Almeida

Orival do Farmácia

Wilson Kero-Kero

Dr. Xavier

Justino Malheiros

Zidiel Coutinho

Sargento Vidal

Dídimo Vovô

Clebinho Borges

Júlio da Power

Jamilson Moura

Emídio de Souza (PSL)

Adalberto Cavalcanti

Ricardinho

Kako do CPA

Dilemário Alencar

Max Campos (PSB)

Cezinha Nascimento

Edienes Hadassa

Dr Luiz Fernando

PF Rafael Ranalli

Gabriel Henrique

Itamar Jefferson (PL)

Cristiano Paraqueda

Sebastião Moraes

Daniel

Justino Campos

Rafael "Faré"

Darley Gonçalves

Osmar Rodrigues "Chefinho"

Elenir Pereira

Prof.instrutor Joaquim Neto

Diogo Fernandes

Ade Silva

Sargento Ozeni

Dito Paulo

Paulo Macedo

Luiz BA

Professor Frankes

Paulo da VGDI

Valdemir MM

Weto Salgado

Dr. Daúde

Bob Medina

Wagner Vinícius

Luis Carlos

Carlos Henrique do Correio

Adv Cris

Elenir Pereira

Zé Carlos

Luis Cláudio

Huelton Souza

Rosenil Luiz (Canelinha de pacu) (PL)

Sargento Ozeni

Luiz Poção (PL)

Edilson Odilon (PL)

Paulinho CPA

Germânio Araújo

Chico do Leblon

Delegado Garcia

Renato Anselmo

Cleber Adôrno

Doidinhoducorte

Neno do Pascoal Ramos

Prof. Jorginho



Informe Publicitário