Presidente garante que manifestações não são organizadas por sindicato  | MUVUCA POPULAR

Segunda-feira, 13 de Julho de 2020

POLÍTICA Quinta-feira, 28 de Maio de 2020, 16h:22 | - A | + A




Entrevista Exclusiva

Presidente garante que manifestações não são organizadas por sindicato

Luís Carlos Nigro diz que não se pode culpar o prefeito


redacaomuvuca@gmail.com


 Foto: Reprodução

O presidente do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Mato Grosso (SHRBS-MT), Luís Carlos Nigro, em entrevista ao Muvuca Popular, explicou que as manifestações cobrando a volta das atividades econômicas do setor não estão sendo organizadas ou motivadas pela instituição.

“São pessoas aleatórias, de bairro, que se organizam pelas redes sociais, porque realmente estão passando por muita necessidade. […] Esses eventos não são coordenados pelo sindicato nem pela associação”, explicou Nigro.

Nas últimas semanas empresários e funcionários do seguimento econômico realizaram algumas manifestações em frente à Prefeitura de Cuiabá, cobrando uma posição do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) sobre a edição de um novo decreto que prevê a abertura de bares, restaurantes e similares. No entanto, o prefeito se comprometeu a publicar novas medidas para o setor nesta quinta-feira (28).

“Tá demorando (a volta às atividades), mas também não é culpa do prefeito, não vamos falar que é culpa do prefeito, porque não é. Pandemia é uma coisa inacreditável quase, a ajuda do governo não contenta, ou às vezes as pessoas não consegue, elas estão entrando agora em uma situação de desespero”, disse o presidente do Sindicato.

Para Luís Carlos, outro segmento fortemente abalado é o de eventos. Músicos, castores de restaurante, empresários do ramo de equipamentos de som e luz, todos esses já estão chegando ao ponto de passar necessidades básicas. Entretanto, para ele, é compreensível a posição do prefeito. “Eu entendo a situação do prefeito, se liberar tudo de uma vez corre o risco de ter muitos infectados e lotar os hospitais e aqui acabar virando uma Manaus. É uma situação muito delicada que a gente passa. Todos os lados têm uma certa razão, o prefeito tem a razão dele, os empresários têm as razões deles, os funcionários também, é uma situação realmente irônica”, comentou o sindicalista.

Para finalizar, Luís Carlos Nigro, disse que mesmo se continuar com as restrições de funcionamento das atividades econômicas o nível de infectados pelo Covid-19 vai aumentar. E que cabe a população ter uma “educação de saúde”.    

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários

coluna popular
Parlamentar fiscalizador
Conseguiu apenas 3% das assinaturas
Alta de 300%
“Vida nova, nova esperança”
Eleições municipais

Últimas Notícias
13.07.2020 - 10:32
13.07.2020 - 10:20
13.07.2020 - 10:02
13.07.2020 - 09:14
13.07.2020 - 09:01




Informe Publicitário