Primeira-dama afirma que assédio sexual no Indea não ficará impune  | MUVUCA POPULAR

Segunda-feira, 18 de Janeiro de 2021

POLÍTICA Quarta-feira, 13 de Janeiro de 2021, 10h:39 | - A | + A




Presidente do Indea

Primeira-dama afirma que assédio sexual no Indea não ficará impune

Virginia Mendes cobrou apuração do Governo Estadual


redacaomuvuca@gmail.com

 

A primeira-dama de Mato Grosso, Virgínia Mendes, cobrou a apuração da denúncia de assédio sexual contra o presidente do Instituto de Defesa Agropecuária (Indea), Marcos Catão Dornelas Vilaca, e ainda enfatizou que situações como essas não ficarão impunes.

“Assim que tomei conhecimento em relação à denúncia de assédio sexual sofrida por uma jovem, ex-servidora do Indea-MT, por parte do presidente do órgão, imediatamente solicitei ao governador Mauro Mendes @mauromendesoficial que tomasse as devidas providências em relação ao caso”, disse Virgínia nas redes sociais.

Leia também: Em dois anos, Indea tem seus principais dirigentes envolvidos em escândalos sexuais

“É lamentável que este tipo de caso de violência ainda ocorra nos ambientes de trabalho e não podemos nos calar, por isso me solidarizo com a vítima e reforço que durante a nossa gestão este tipo de situação não será tolerada e nem ficará impune”, acrescentou.

Nesta semana, o MPopular trouxe com exclusividade a denúncia da jovem, de 19 anos, que afirmou ter sido assediada pelo presidente do Indea ao entrar em sua sala para repor garrafas de água.

Leia também: Assessora pede exoneração, após ser assediada por presidente do Indea

Por meio de nota, o presidente disse que já se colocou à disposição da justiça e da Delegacia da Mulher para apresentar sua versão dos fatos. Além disso, negou as acusações.  

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(16) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Karlos - 13-01-2021 19:59:19

Vamos deixar as investigações provarem quem é inocente e depois sim, tomará a decisão justa, por enquanto é somente atirar no escuro ou no mínimo querer se aparecer

Responder

1
1


Allan - 13-01-2021 19:18:27

Denunciar e apoiar denúncias virou palanque político. Pouco importa se o fato é verdadeiro, pois, como defendem, todo homem é um potencial estuprador. O denunciado já passa a cumprir pena sem sequer ser julgado. Vida destruída e depois provada a inocência não há mais volta. Se tornou extremamente perigoso ser homem no Brasil.

Responder

2
1


maria - 13-01-2021 15:40:40

Parabens 1 dama! Tem que exonerar do cargo de presidente o Marcos catão Vilaça e abrir processo administrativo, pois o mesmo é servidor de carreira do indea. Um crime como esse é passível de demissão. T

Responder

2
3


Servidora - 13-01-2021 13:22:46

Da para acreditar que tem colega mulher servidora caindo os dentes de experiência nesse tipo de situação defendendo o indefensável...Certeza que essas mesmas não colocaram suas filhas no lugar da moça ou mesmo foram assediadas no passado e gostaram... Só freud explica

Responder

4
0


Cacerense - 13-01-2021 12:42:56

Mas tem que EXONERAR mesmo! Mas não só o presidente como o diretor técnico da cueca rasgada e ambos responderem o devido processo afastados dos cargos. Ou moraliza o INDEA ou vira logo um puteiro

Responder

3
2


Carlos - 13-01-2021 11:53:07

Denunciar é um ato de coragem e cabe a nós não julgar. Devemos incentivar e apoiar POIS ISSO É CRIME

Responder

2
0


Endrigo - 13-01-2021 11:52:24

Podem estar acusando um inocente tem muita mulher ai querendo fama

Responder

3
3


Rubia - 13-01-2021 11:49:30

Sobre a questão do assédio moral eu já passei por isso. Realmente é uma situação extremamente humilhante

Responder

1
0


Taires - 13-01-2021 11:48:58

Assédio na maioria das empresas é assim ,ou se cala ,ou é demitida admiro mulhees que denunciam

Responder

1
0


CLAUDIANE - 13-01-2021 11:47:54

Cuidado com as denuncias falsas em

Responder

3
2


Simony - 13-01-2021 11:47:19

E isso mesmo devemos nos unir e lutar para q todos crimes contra nós mulheres

Responder

0
0


Simony - 13-01-2021 11:46:01

Parabéns as vítimas agradecem

Responder

0
0


Cleide - 13-01-2021 11:45:20

Que nenhuma mulher se cale diante de situações de qualquer tipo de violência.

Responder

1
0


Alice - 13-01-2021 11:41:46

Parabéns primeira dama virgina Mendes que se o culpado estiver culpa que tome as devidas providencia.

Responder

1
0


Servidora - 13-01-2021 10:54:08

Engraçado, mas quando aconteceu o assedio pelo Secretario da Casa Civil, dentro do Palácio ela não se manifestou.

Responder

6
1


El Pensante - 13-01-2021 11:57:21

Não estou aqui defendendo o presidente do Órgão... Mas é muito engraçado a nobre Primeira Dama já vamos dizer que "Julgamento" e assim " Condenando" o servidor acusado. Será que se provado que não foi isso, a mesma irá se retratar ou até mesmo pelo fato de ter postado isso em rede social ???

Responder

2
2


16 comentários

coluna popular
Melhor entre os quatro últimos gestores
Durante o trajeto
Filha está isolada
População cobra Mendes
Irresponsabilidade

Últimas Notícias
18.01.2021 - 21:49
18.01.2021 - 20:34
18.01.2021 - 19:38
18.01.2021 - 19:04
18.01.2021 - 18:37




Informe Publicitário