Projeto "Mulher na Política" incentiva filiação e participação feminina no Parlamento | MUVUCA POPULAR

Segunda-feira, 23 de Setembro de 2019

POLÍTICA Domingo, 25 de Agosto de 2019, 16h:44 | - A | + A




Câmara Municipal de VG

Projeto "Mulher na Política" incentiva filiação e participação feminina no Parlamento

Proposta tem o intuito de aumentar a participação das mulheres na política


redacaomuvuca@gmail.com

 Câmara Municipal de Várzea Grande | Foto: Divulgação 

Durante esta semana, a Câmara Municipal de Várzea Grande aprovou o Projeto de Lei n° 86/2019, que tem o intuito de incentivar a participação de mulheres nos atos políticos, através do programa “Mulher na Política”. O PL é de autoria do vereador Ivan dos Santos (PRB) e segue para sanção da prefeita Lucimar Campos (DEM).

De acordo com a proposta, o “Mulher na Política” será responsável por realizar ações como: conscientização da mulher sobre sua importância na política, incentivos para a filiação feminina e orientações para as jovens se alistarem ao pleito eleitoral.

Segundo o parlamentar Ivan, o projeto é extremamente importante para a sociedade e para a própria Câmara de VG, pois no parlamento municipal há apenas uma mulher, a vereadora Gisa Barros (PSB).

“O momento é oportuno para a sociedade. Não podemos desclassificar as mulheres e sim dar a oportunidade para as mulheres desempenharem o papel político. Quero mostrar a importância delas para que elas mesmas se representem”, 

Além disso, a proposta também deve se espalhar pelo estado, através de parcerias com outras entidades e órgãos públicos. "A maioria do eleitorado brasileiro é do sexo feminino, mas mesmo assim o Brasil está nos últimos lugares na participação de mulheres no meio político. Temos que mudar a cultura, principalmente nos partidos para que haja um incentivo para uma participação feminina mais efetiva", pontuou Ivan.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários