Renivaldo “rebate” Mendes e diz que BRT trará prejuízos aos cofres públicos | MUVUCA POPULAR

Sexta-feira, 18 de Junho de 2021

POLÍTICA Sexta-feira, 14 de Maio de 2021, 21h:59 | - A | + A




Troca de Modal

Renivaldo “rebate” Mendes e diz que BRT trará prejuízos aos cofres públicos

Vereador lembrou que quem ganha com o VLT é a população de Cuiabá e de Várzea Grande


redacaomuvuca@gmail.com

brt2.jpg

Foto: Reprodução

Nem precisou de uma calculadora em mãos para que o vereador Renivaldo Nascimento (PSDB) fizesse uma equação simples na manhã desta sexta-feira (14) sobre a mudança do VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) pelo BRT (Ônibus de Transporte Rápido). Os questionamentos foram em cima da Audiência Pública na Câmara Municipal de Cuiabá.

"É uma questão matemática. Faltam mais de R$700 milhões para a conclusão do VLT. O governo dispõe de R$300 milhões, faltando apenas outros R$ 400 milhões para que tenhamos um patrimônio de R$ 2 bilhões, já que foram investidos nessa obra quase R$ 1,3 bilhão", disse. "Já para o BRT é um novo projeto. São R$ 500 milhões de investimentos para um patrimônio inferior", de acordo com ele, seria muito mais econômico finalizar a obra já iniciada do que começar um novo modal.
O parlamentar afirmou que ainda fosse ter que escolher, seria a favor do BRT, porém a matemática seria inviável caso o governo de Mato Grosso insista na troca de VLT pelo BRT, na visão dele.

"Hoje, o BRT seria mais viável pelas condições que o país está vivendo. No entanto, não podemos iniciar uma nova obra. Ela já foi decidida desde 2012 pelo VLT e já foi aplicado mais de R$ 1,3 bilhão na parte estrutural de alguns vagões que estão lá em Várzea Grande", disse.

Na avaliação de Renivaldo, "dentro da economia do nosso estado não é tanto dinheiro assim (referindo-se à aquisição de mais R$400 mi à conclusão do VLT). Teremos uma obra moderna e limpa com um patrimônio de R$ 2 bilhões".

Soluções

"Para uma obra que começou errado lá atrás. Temos que levar em consideração que temos, hoje, quase 60% dessa obra concluída. Não tem como tirar cimento e ferragem que já foram montados", argumentou.

"Faltam 40% e é apenas mais R$700 milhões. Como boa parte desse dinheiro já temos em caixa, uma das soluções para que concretizamos essa obra são as PPPs (Parceria Público Privada). Temos vários caminhos a tomar. Agora, falar que não aconteceu nada nesses anos e desfazer tudo, jogando R$ 1,3 bi no lixo não podemos aceitar".

Renivaldo lembrou que quem ganha com o VLT é a população de Cuiabá e de Várzea Grande."

Por fim, o vereador defendeu um diálogo mais amplo com a população "e se for o caso até mesmo acontecer de forma remota, devido a pandemia. Estes são os caminhos que o governo deve tomar".

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(7) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Olirio Andrade - 16-05-2021 22:31:53

Só não terá prejuízo a empresa do Bostelho, amiguinho do governador, com sua frota vetusta e macróbia !!! Política nauseabunda sempre visando interesses espúrios !!!!

Responder

2
0


Paula - 16-05-2021 14:23:45

O VLT não foi pra frente porque tem interesses econômicos na parada. Lamentável que o ministério público, seja estadual ou federal não deram a devida atenção sobre os recursos que foram investidos até agora. Salva engano, um procurador do estado foi contra o VLT, defendeu a tese do governo de barrar a continuidade da obra que seria de suma importância para os trabalhadores e trabalhadoras de Cuiabá e Várzea. Infelizmente os gestores dos três poderes usam carro institucional, combustível e uma série de regalias que a população não têm.

Responder

3
0


Alex R - 16-05-2021 20:58:40

Rapaz o MPE, o judiciário, a AL e todo o governo federal Foram Criminosos nessa situação do VLT!!! Permitiram quando não dividiram o bolo ! Conivência e prevaricação no mínimo a todos! Como qualquer uma dessas situações não é criminosa? Só aumentaram o próprio salário e deixaram os demais de fora! EEEEEEEE qdo uma grande greve vier do povo !!! Ah como seria bom termos mais gente esclarecida!

Responder

0
0


CIDADÃ - 16-05-2021 12:09:09

Senhores! No mínimo penso ===ESTRANHA=== essa decisão de troca do MODAL, depois de 03 anos sem nada demonstrarem fazer???????TODAVIA, nesse caso, COINCIDE, praticamente, com o período que PODE SER BEM COMPREENDIDO COMO "PLENA PRÉ.CAMPANHA"????? ..........Tomar uma DECISÃO ONEROSA, desperdiçando TODO INVESTIMENTO que os MATOGROSSENSES, pagaram em impostose e taxas ???? Imagino que tenha AUTORIDADE COMPETENTE pra, legalmente, FREAR atitude que ALEM DE ESTRANHA, possa GERAR ainda que "INOCENTEMENTE" , má-fé ... e PREJUÍZOS ao ENTE.

Responder

2
0


Maque - 14-05-2021 22:50:47

Fora o trânsito nas avenidas, que vai ficar um inferno pior ainda do que já é.

Responder

7
1


Alex R - 15-05-2021 10:52:49

Mauro quer fazer pq a empresa dele vendera produtos para manutenção do BRT...

Responder

6
0


TENHO FÉ! - 16-05-2021 12:13:53

Não duvido dessa sua reflexão. O que tenho lido na mídia, escutado etc. é lastimável que ainda se fale em reeleição. Basta! Não suportamos mais! Clamo por justiça dos homens e daquela que será implacável contra os desumanos!

Responder

2
0


7 comentários

coluna popular
Flávio Bolsonaro esteve no gabinete do deputado
Rumo ao Interior
No parlamento e na Igreja
PL em andamento
Covid-19

Últimas Notícias
17.06.2021 - 22:59
17.06.2021 - 21:46
17.06.2021 - 21:18
17.06.2021 - 21:16
17.06.2021 - 21:12




Informe Publicitário