Secretário defende plebiscito para escolha de novo modal  | MUVUCA POPULAR

Domingo, 07 de Março de 2021

POLÍTICA Quarta-feira, 27 de Janeiro de 2021, 13h:17 | - A | + A




Novela do VLT

Secretário defende plebiscito para escolha de novo modal 

Governador anunciou a troca do modal em dezembro de 2020


redacaomuvuca@gmail.com

Montagem / Muvuca Popular

PhotoGrid_1608911826856.jpg

À esquerda vagão do VLT, à direita BRT

O secretário municipal de governo, Luiz Cláudio é a favor da realização de um plebiscito para que assim a população escolha o novo modal de transporte, se continuará o VLT ou o BRT. No mês passado o governador Mauro Mendes (DEM) anunciou que irá implantar o BRT em Cuiabá e Várzea Grande, sem ouvir as cidades envolvidas. 

O plebiscito é uma consulta ao povo antes de uma lei ser constituída, de modo a aprovar ou rejeitar as opções que lhe são propostas em que o povo ratifica ("sanciona") a lei já aprovada pelo Estado ou a rejeita.

"A população precisa ser ouvida e decidir qual modal ela quer. Não estamos falando de interesses políticos, mas sim de quem de fato irá usar o transporte todos os dias", comentou. 

Há uma verdadeira guerra sobre o novo modal de transporte. De uma lado o prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) defende o VLT e o diálogo, de outro Mendes que deseja de forma autoritária empurrar o BRT. 

"Você pode fazer qualquer enquete aí que vai dar VLT, não é capricho do prefeito, ele só está lutando pelo que é melhor para a população e pelo direito de discutir". 

O governador anunciou a troca do modal em dezembro de 2020. Emanuel Pinheiro chegou a entrar com ações na Justiça para impedir a troca, mas nenhuma foi julgada procedente pela Justiça. A Assembleia Legislativa também já aprovou um projeto de lei que autoriza a troca do modal.

A previsão do governo é que até agosto deste ano as obras sejam iniciadas. Caso não ocorram alterações no cronograma, o novo modal ficaria pronto após dois anos de início das obras, isto é, em agosto de 2023.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(3) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Alex r - 28-01-2021 13:49:52

Nem VLT nem BRT enquanto o STJ não resolver... Não adianta querer mexer com qq coisa enquanto a justiça não determinar. Só pobre briga 1 e 2 instancia. Empresas grandes e bandidos ricos nos altos tribunais !!!

Responder

0
0


Benedito costa - 28-01-2021 08:23:33

Secretário já está definido em lei que o modal de transporte será o BRT, esquece o outro modal. O senhor do prefeito tá querendo tirar proveito neste história. Uma.outr coisa que precisa ser dito a população é se a cobertura do canteiro irá suportar o peso dos ônibus, visto lembrar bem na época da canalização os tubos eram muitos finos, ou seja não foi feito pra suportar pesos.

Responder

0
1


Carlos Nunes - 27-01-2021 17:26:00

Ih! Melhor do que fazer Plesbicito e torrar o Dinheiro que já tá curto...é chamar aquela Cartomante Médium, que apareceu num site da Capital, há algum tempo...e acertou na môsca na previsão: Temer não cai e VLT não sai. Pois é, tio Temer balançou, balançou, quiseram tirá-lo junto com tia Dilma, mas ele ficou até o último dia do mandato. Já o VLT, não andou 1 metro. Tô achando que não sai nem VLT nem BRT...2021 será O ANO PARADO II...e O ANO DAS COBAIAS DAS VACINAS, nós. Covid-19 é só um organismo vivo "irracional", que não vai embora assim... Ele é irracional, disque os racionais somos nós.Essa novela Covid vai longe, ainda vai ter muitos capítulos. Sem VLT nem BRT...quem vai acertar na môsca será tio Manuel, que já anunciou uns CEM ÔNIBUS NOVOS pra Cuiabá. Ôba, vamos andar de ônibus novinho.

Responder

2
0


3 comentários

coluna popular
Complicações na saúde
Fundadora de sites
Pista foi interditada
Em comércio
Principal nome a ser indicado

Últimas Notícias
07.03.2021 - 11:18
07.03.2021 - 08:52
07.03.2021 - 08:10
06.03.2021 - 20:30
06.03.2021 - 17:23




Informe Publicitário